O Irã liberta 85 mil presos em meio a surto de coronavírus

As autoridades não informaram quando os presos libertos voltarão para as celas O Irã libertou temporariamente cerca de 85 mil prisioneiros, inclusive políticos, em reação à epidemia de coronavírus, segundo informações…
-Publicidade-

As autoridades não informaram quando os presos libertos voltarão para as celas

O Irã libertou temporariamente cerca de 85 mil prisioneiros, inclusive políticos, em reação à epidemia de coronavírus, segundo informações de um porta-voz do Judiciário nesta terça-feira, 17.

-Publicidade-

“Até agora, cerca de 85 mil prisioneiros foram soltos. Além disso, adotamos medidas de precaução nas prisões para confrontar o surto”, disse o porta-voz do Judiciário, Gholamhossein Esmaili.

O portal G1 publicou que, no Irã, o novo coronavírus provocou a morte de 853 pessoas em um total de 14.991 infectados, de acordo com balanço desta terça-feira elaborado pela universidade americana Johns Hopkins.

Trata-de um dos piores surtos da doença fora da China, onde o novo vírus surgiu.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.