Itália pode voltar a receber turistas da UE no próximo mês

Segundo o ministro das Relações Exteriores, é importante que as diversas regiões italianas apresentem regras em comum, para não confundir e afugentar os turistas.
-Publicidade-
O "Altar da Pátria", em Roma, a capital da Itália | Foto: Elijah Lovkoff/Pixabay
O "Altar da Pátria", em Roma, a capital da Itália | Foto: Elijah Lovkoff/Pixabay | MP Itália OMS

Anúncio foi feito pelo ministro das Relações Exteriores; país está sendo reaberto de forma gradual

O "Altar da Pátria", em Roma, a capital da Itália
O Altar da Pátria, em Roma, a capital da Itália | Foto: Elijah Lovkoff/Pixabay

A Itália planeja voltar a receber turistas oriundos de países da União Europeia em junho. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 26, pelo ministro das Relações Exteriores do país, Luigi Di Maio.

-Publicidade-

“Estamos trabalhando para começar tudo de novo na Europa em 15 de junho. A data é um ‘Dia D’ europeu do turismo. Vamos trabalhar com a Áustria e estamos trabalhando com outros países europeus”, afirmou o ministro para a rede de televisão RAI.

Leia mais: “No primeiro dia da retomada, 90% do comércio italiano reabre”

A Alemanha, por exemplo, já anunciou que pretende permitir que seus cidadãos viajem para outros países do bloco a partir dessa data.

Segundo Di Maio, é importante que as diversas regiões italianas apresentem regras em comum, para não confundir e afugentar os turistas. “Precisamos salvar o que for possível no verão para que possamos ajudar nossos empreendedores”, afirmou, de acordo com a agência de notícias italiana Ansa.

A Itália começou a realizar uma reabertura gradual do país a partir do dia 4 deste mês, em conformidade com um plano com diversas etapas apresentado pelo primeiro-ministro Giuseppe Conte.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Lembrando – para quem não conhece os componentes do governo Italiano – que o sr. Di Maio( ministro das relações esteriores ) era um vendedor de refrigerantes nos estadios e que o fundador do partido dele e´um comico; que o sr. Conte (presidente do conselho dos ministros ) foi imposto no cargo por Bergoglio e que a fusaõ dos dois partidos que promoveram este governo e´ a esporadica reedição da ¨commedia dell´arte¨que alguns partidos impulsionam . Cabe porem lembrar que Italia era a quarta potencia mundial em 1994! Este governo provocou o desastre que deixou a grande quantidade de falecidos e uma caida do Pib ,no que va de 2020, de 4,8% (( Abril – 24% e Maio – 16% ))(Fonte www.etoro.com) . Agora querem correr atras do prejuizo depois de ter destruido 4.000.000 de CNPJ das micro-empresas e enfraquecido o tecido industrial . Deus ajude a Italia !
    Apropo´, lembrando tbm, que o Lula recebeu a ajuda da igreja quando foi eleito em 2002 e que faz pouco tempo foi visitar Bergoglio para pedir bença! Ainda bem que o Brasil tem Bolsonaro para enfrentar os ¨varios problemas¨ que o pai dos pobres deixou pra resolver.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.