Justiça dos EUA aprova mudança de nome e gênero de filha de Musk

Jovem de 18 anos passa a se chamar Vivian Jenna Wilson e remove sobrenome do pai, com quem não deseja conviver
-Publicidade-
Bilionário Elon Musk é pai de sete filhos, de dois relacionamentos
Bilionário Elon Musk é pai de sete filhos, de dois relacionamentos | Foto: Flickr

A Justiça dos Estados Unidos aprovou o pedido da filha de Elon Musk para mudar de nome e gênero. O site TMZ teve acesso aos documentos de uma Corte de Los Angeles, que autorizou que a jovem, de 18 anos, removesse o sobrenome do pai, o bilionário empresário controlador da Tesla e da SpaceX.

Nascido como homem biológico, Xavier Alexander Musk se identifica como mulher e entrou na Justiça dos Estados Unidos para mudar de gênero. A partir de agora, oficialmente, passa a atender pelo nome de Vivian Jenna Wilson, adotando o sobrenome da mãe. A nova Certidão de Nascimento vai ser emitida pelo Estado da Califórnia nos próximos dias.

Segundo o Los Angeles Times, o processo foi aberto em 18 de abril, um dia depois de a jovem completar 18 anos. Nos documentos enviados à Justiça norte-americana, Vivian pediu a remoção do sobrenome Musk, por não desejar conexão com o pai biológico “de qualquer forma”.

-Publicidade-

Vivian é fruto da união do empresário dono da Tesla e da SpaceX com a escritora Justine Wilson, em casamento que durou de 2000 a 2008. Musk tem cinco filhos desse relacionamento e mais dois com a cantora Grimes.

Os filhos de Elon Musk têm mantido uma vida discreta, apesar da fama global do pai, que neste ano assumiu a liderança na lista de pessoas mais ricas do mundo, de acordo com a revista Forbes. Em 19 de junho, no Dia dos Pais no calendário dos EUA, o empresário usou sua conta no Twitter para afirmar: “Amo muito todos os meus filhos”.

Em sua conta no Twitter, Justine Musk elogiou a transição da filha, dizendo-se “muito orgulhosa”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

21 comentários Ver comentários

  1. Quem nega seu passado não está preparado para trilhar seu futuro. Vivian precisa não precisa de herança, mas de um psicólogo especializado em Complexo de Édipo.

  2. O pendulo está tão penso para a esquerda que quando voltar, e vai voltar, quero só ver o peso do pendulo sobre tanta negação com as leis naturais.

  3. 18 aninhos “”doutrinadinho”” na Califórnia com o money do papai pagou o processo etc., etc. Deve ter medinho de tomar choque no carro do Dad…

  4. Se o pai aceita, porque não quer conviver com o pai, pode ter outros motivos,mas, vamos ver se terá a distância da herança do pai também.

  5. Mais uma aberração da natureza. Essa, por ser filha de bilionário, tem seus minutos de fama… Deve estar indignada pelo pai ser um Conservador favorável aos Republicanos e bem longe da patrulha esquerdopata progressista.

  6. A prova dessa independência se dará na partilha do patrimônio quando o pai deixar o testamento. Aí veremos como a “queridinha” se comportará.

  7. E a conexão com o dinheiro do pai? Tem muito filho maior de idade que não quer convivência com pai ou mãe, mas vive às custas deles, independentemente da condição social e financeira.

    1. Maria de Fátima faço minha suas palavras ! Bando de vagabundos! Falta do que fazer! O pai deveria privar de todas as mordomias que tem!

  8. Moderninha a Oeste, né? Basta o sujeito se declarar do sexo feminino e a revista o trata por “ela”? Manda sua filhinha brincar de médico com “ela”.

  9. Será que o filho que se sente filha também vai querer desconexão total da grana do pai bilionário? Ah, a superioridade moral progressista se não resiste ao capital.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.