Macron convoca embaixadores franceses nos EUA e na Austrália depois de perder acordo bilionário

Chanceler francês chamou negociação de 'apunhalada nas costas'
-Publicidade-
O movimento da França esgarçou as relações com Biden
O movimento da França esgarçou as relações com Biden | Foto: Reprodução

O ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, convocou os embaixadores de seu país que estão nos Estados Unidos e na Austrália. A ordem é para que os diplomatas prestem esclarecimentos sobre o acordo militar Aukus. Trata-se de uma negócio multilateral firmado pelo presidente norte-americano, Joe Biden, que tirou US$ 66 bilhões dos franceses. “A decisão foi tomada pelo presidente Emmanuel Macron diante da seriedade dos acontecimentos”, informou Le Drian, em nota publicada na sexta-feira 17.

Um governo convoca seus embaixadores em outros países quando quer demonstrar grave descontentamento nas relações. Além disso, a França cancelou um evento de gala marcado para ocorrer na embaixada dos Estados Unidos em Paris, em comemoração aos 240 anos de uma das batalhas da Guerra de Independência dos EUA, no século 18 (historicamente, os franceses foram os primeiros aliados dos americanos em sua luta para se libertar do Império Britânico). O movimento da França esgarçou as relações com Biden.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

13 comentários Ver comentários

  1. Esse idiota globalista foi um dos primeiros a comemorar a “eleição” de Biden, dizendo que estava feliz em ver alguém “amigável” na Casa Branca novamente – agora aproveite o resultado.

  2. Um dos pouquíssimos países no mundo que ainda tem um representante individual com ideias próprias e que foi eleito por elas é o Brasil. O nosso presidente, que por vezes é criticado pelos próprios apoiadores, (com razão na maioria das vezes) é completamente diferente dessa marionete francesa, ou o velhinho americano, ou o bigodudo argentino, e por aí vai. Por mais confuso que seja, temos sorte, ainda, pois querem mudar isso e colocar outra vez o ex-presidiário no comando, para que a farra, que por hora está interrompida, prossiga, e dessa vez com força total.

  3. Perdeu esse contrato milionário por pura incompetência do governo desse imbecil e agora fica com essa representação teatral de quinta categoria, não se sabe por que.

  4. Se Biden ‘traiu’ o macron é por que o francês é um mala sem alça mesmo. conseguiu perder um acordo com EUA, mostrou o caráter ao inventar problemas na floresta amazônica com fotos de girafas e leões e há 10 semanas o povo da França protesta contra os tais passaportes de vacinação. tenho pena de quem não votou nessa coisa e bem feito para quem votou. com certeza Le Pen irá vencer a próxima eleição.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.