Milhares protestam contra o governo esquerdista da Colômbia

Entre outras pautas, os manifestantes demonstraram descontentamento com as ameaças à propriedade privada promovidas por camponeses "sem terra"

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Petro se tornou o primeiro presidente de esquerda da história da Colômbia ao vencer as eleições deste ano
Petro se tornou o primeiro presidente de esquerda da história da Colômbia ao vencer as eleições deste ano | Foto: Divulgação/Redes sociais

Milhares de colombianos realizam a primeira marcha nacional contra o governo do presidente Gustavo Petro nesta segunda-feira, 26. Entre outras pautas, os manifestantes demonstraram descontentamento com o aumento do preço da gasolina e com as ameaças à propriedade privada promovidas por camponeses “sem terra”.

As manifestações percorreram as ruas de Medellín (noroeste), Cali (sudoeste), Bucaramanga (nordeste) e outras capitais, com clamor variado. Alguns dos cartazes expostos diziam “Respeito à propriedade privada” ou “Petro incentiva o crime em vez da produção”. A chegada do governante ao poder estimulou indígenas e outros camponeses a ocuparem à força dezenas de propriedades, em um dos primeiros conflitos sociais.

-Publicidade-

Petro se tornou o primeiro presidente de esquerda da história da Colômbia, ao conquistar pouco mais da metade do eleitorado com uma bateria de reformas, com o objetivo de aumentar os impostos sobre os ricos, frear a exploração de petróleo e uma reforma agrária para distribuir terras férteis aos pobres, entre outras.

Para colocar em prática essas iniciativas, o líder esquerdista formou uma coalizão legislativa majoritária com o apoio de vários partidos tradicionais. 

Líder da Colômbia sugere que petróleo é mais prejudicial que cocaína

Durante discurso na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, na terça-feira 20, o presidente da Colômbia, Gustavo Petro, pediu aos países latino-americanos que “unam forças para acabar com a guerra às drogas” no continente.

“A diminuição do consumo de drogas não precisa de guerras, mas, sim, que seja construída uma sociedade melhor, solidária e afetuosa, em que a intensidade da vida nos salve dos vícios”, disse Petro, na terça-feira 20, ao afirmar que a atual política de enfrentamento “fracassou”.

Petro minimizou ainda o uso da cocaína. “Foi decidido que essa droga é o veneno e deve ser perseguida, mesmo causando um baixo número de overdoses, muitas por resultado de misturas com outras substâncias”, observou. “Contudo, o carbono e o petróleo devem ser protegidos, mesmo que seus usos levem a humanidade à extinção.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

20 comentários Ver comentários

    1. Com essa movimentações internas a Colômbia não terá condições de defender o foro de SP , caso uma tomada de posição do exército brasileiro aconteça. É o que aguardamos ansiosamente.

  1. QUEM NÃO RESPEITA A HISTORIA, VOLTA COMETER OS MESMOS ERROS…..QUANDO VÃO SE DAR CONTA QUE PARA A ESQUERDA TODOS OS MEIOS JUSTIFICAM OS FINS….
    QUEM ACREDITA NOS BONS PRINCIPIOS E HONESTIDADE DA ESQUERDA????

  2. Já estão protestando: Mas o cara assumiu faz um mês. Ah, tá. São os isentões que acharam que não precisavam votar. O resultado está aí. Brasileiros, esse será nosso caminho se Lula for eleito.

  3. Mais uma vez o socialismo se prova ser promotor da desumanização. Ao interferir na sociedade de classes, destrói valores morais construídos através dos séculos. Provoca uma insegurança social permanente ao provocar o que está estabelecido. É certo que a divisão de classes, a propriedade privada, a igreja fazem parte da tradição e o socialismo quer controlar isso ao invés de gerenciar. Um rio não pode ser represado para sempre e é necessário uma vazão. Assim são as tradições, os valores sociais, o acúmulo de riqueza, e a vazão para tais está na liberdade, na propriedade e no livre empreendedorismo.

  4. OS ISENTÕES, OS NEM-NEM SÃO OS ÚNICOS CULPADOS. QUEM NÃO GOSTA DA POLÍTICA VAI SER GOVERNADO PELOS QUE GOSTAM…. taí o maior exemplo… agora se lascaram!!!

  5. TANTO NA VENEZUELA NA PRIMEIRA ELEIÇÃO , COMO A COLOMBIA AGORA QUEM NÃO FOI VOLTAR AGORA ACORDA EM UM PESADELO DA PIOR REALIDADE , A ESQUERDA NO PODER. ACORDEM BRASILEIROS ,VÃO VOLTAR COM LULA GEDDEL ,ZE DIRCEU ,DILMA ,CABRAL ,,NHONHO ,,ETC

  6. 42% dos eleitores colombianos não foram votar e esses ausentes são os responsáveis por essa situação, que poderá piorar muito mais ainda.

    1. O maior valor da democracia é o voto. Quem se nega a exercer esse direito não merece a democracia . Não adianta chorar agora. Outros decidem pelos omissos.

  7. Bem vindos a direita.

    Peguem a senha esperem a sua vez.

    Na América latrina, argentinos, chilenos e bolivianos devem se revoltar primeiro, só depois, vocês colombianos podem se revoltar….tem que empobrecer bastante e ver seus valores familiares e cristãos sendo jogados no lixo, para que a lição penetre e dure por gerações.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.