Morre Mario Comus, premiado cineasta espanhol

O artista tinha 86 anos e morava em Santander, sua terra natal
-Publicidade-
O cineasta Mario Camus
O cineasta Mario Camus | Foto: Reprodução/IMDB

Nesta sábado, 18, Mario Comus, cineasta espanhol premiado nos festivais de Cannes e Berlim, morreu aos 86 anos. Ele estava em Santander, sua terra natal.

Em comunicado, a Academia Espanhola de Artes e Ciências Cinematográficas afirmou que Comus foi “o autor de clássicos do cinema”. Por seu trabalho, recebeu o Prêmio de Honra Goya em 2011.

Em 1983, Comus ganhou o Urso de Ouro no Festival de Cinema de Berlim pelo filme A colmeia, inspirado no romance do Prêmio Nobel Camilo José Cela. No ano seguinte, Os santos inocentes, uma adaptação do romance de Miguel Delibes, rendeu a ele uma menção especial do júri no Festival de Cannes.

-Publicidade-

O artista dirigiu ainda séries populares para a televisão, como Curro Jiménez e Fortunata y Jacinta.

Leia também: “Free Guy lidera bilheterias nos EUA”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.