Naufrágio deixa 39 desaparecidos na Flórida

As buscas ocorrem com base no relato de um homem encontrado sozinho agarrado ao casco virado da embarcação
-Publicidade-
Homem encontrado em casco de embarcação na costa da Flórida na terça-feira
Homem encontrado em casco de embarcação na costa da Flórida na terça-feira | Foto: Divulgação/Guarda Costeira dos EUA

A Guarda Costeira dos Estados Unidos (EUA) está investigando um naufrágio que ocorreu no litoral da Flórida. A suspeita é que o barco, onde estavam 39 pessoas, tenha virado.

As buscas ocorrem com base no relato de um homem encontrado sozinho agarrado ao casco virado da embarcação, na manhã de terça-feira 25.

Uma nota emitida pela Guarda Costeira informou que uma pessoa resgatou o homem em um ponto do mar, a cerca de 70 quilômetros da costa.

-Publicidade-

Ele contou que o barco em que estava saiu com outras 39 pessoas a bordo de Bimini, uma ilha nas Bahamas, a 80 quilômetros de Miami, na noite do sábado 22.

A suspeita das autoridades é que o naufrágio tenha ocorrido por causa das condições meteorológicas adversas. Nenhum dos passageiros usava colete salva-vidas.

Vários barcos de patrulha e aeronaves foram mobilizados pela Guarda Costeira americana para rastrear a área do naufrágio.

As Bahamas costumam ser ponto de trânsito para imigrantes que tentam entrar ilegalmente nos EUA, em viagens marítimas arriscadas. Em geral, essas pessoas partem de Cuba e do Haiti.

Um porta-voz da Guarda Costeira relatou à agência Reuters que, na sexta-feira 21, um resgate de 32 pessoas já havia sido feito, depois que um barco virou na mesma região.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.