Nos EUA, escolas liberam uso de máscaras nas salas de aula

A cidade de Nova Iorque se tornou o mais recente distrito escolar a acabar com a exigência
-Publicidade-
O Centro de Controle e Prevenção de Doenças emitiu recentemente novas diretrizes sugerindo o fim das máscaras em várias regiões dos EUA
O Centro de Controle e Prevenção de Doenças emitiu recentemente novas diretrizes sugerindo o fim das máscaras em várias regiões dos EUA | Foto: Divulgação/Pixabay

As principais escolas dos Estados Unidos estão liberando a obrigatoriedade do uso de máscaras dentro das salas de aula, informou a agência de notícias Reuters nesta terça-feira, 8.

Ontem, a cidade de Nova Iorque se tornou o mais recente distrito escolar a acabar com a exigência.

O estudante do ensino fundamental Jack Jalaly abandonou sua máscara logo no primeiro dia. “Acho legal porque finalmente podemos ver os professores falarem”, disse. A mãe dele, Andrea, concordou. “Então, para crianças pequenas, é realmente ótimo, porque você pode ver como as palavras são pronunciadas.”

-Publicidade-

A Filadélfia vai suspender a obrigatoriedade a partir de amanhã, juntando-se a grandes cidades, como Houston e Dallas e vários Estados, que fizeram movimentos semelhantes na semana passada.

As escolas de Chicago devem encerrar a necessidade de usar o acessório na próxima segunda-feira, 14.

Califórnia, Oregon e Washington anunciaram em conjunto que abandonarão a determinação a partir de 12 de março.

Autoridades de muitas grandes cidades, como Boston e Los Angeles, disseram que manterão as regras por enquanto, ou até que as taxas de vacinação melhorem entre os alunos, ou possam chegar a acordos com sindicatos de professores, que estão entre aqueles que mais pedem para manter o uso da máscara em vigor.

Em Anchorage, no Alasca, a superintendente escolar Deena Bishop disse que suspender a exigência de máscaras nas quase 100 escolas públicas da cidade foi um alívio, depois de muitos meses. “Tudo isso acabou e agora podemos voltar a focar no aprendizado.”

A queda das taxas de infecção e as novas orientações federais de saúde estão levando a maioria dos Estados restantes com requisitos de máscaras escolares a abandonar a exigência.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças emitiu recentemente novas diretrizes ressaltando que a maioria dos americanos vive em lugares onde pessoas saudáveis, incluindo estudantes, podem abandonar o uso de máscaras com segurança.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Interessante que quando a média diária de mortes nos EUA era de 500, a pandemia estava a todo vapor e hoje com a média de 1800 mortes diárias a pandemia já acabou. A pandemia começa e ababa quando eles quiserem. Enquanto nesse mundo existirem pessoas como Gates, Zuckerberg, Soros, Bezos e alguns outros meia capitalistas, esse mundo não tem chance de ter liberdade. São eles que determinam o que você pode fazer. Um exemplo é o velho milionário fundador de Davos qud diz “Em 2030 você não terá nada e será feliz”. Estão treinando a humanidade a fazer o que eles quiserem. Putin talvez tenha descoberto isso. Aí, cancelaram Putin. Simples assim.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.