O fim da hegemonia americana?

Com milhões de pessoas isoladas em suas casas em todo mundo, a pandemia de coronavírus se tornou um evento global. As implicações geopolíticas desse evento serão duradoras e afetarão especialmente a posição dos Estados Unidos como líder mundial.
-Publicidade-
Donald Trump com o líder chinês Xi Jinping
Foto: Shealah Craighead/White House
Donald Trump com o líder chinês Xi Jinping Foto: Shealah Craighead/White House

Erros dos Estados Unidos durante a pandemia do coronavírus podem transformar a China na potência dominante do mundo

Com milhões de pessoas isoladas em suas casas em todo mundo, a pandemia de coronavírus se tornou um evento global. As implicações geopolíticas desse evento serão duradoras e afetarão especialmente a posição dos Estados Unidos como líder mundial, segundo a Foreign Affairs.

-Publicidade-

As mudanças de ordem global tendem a acontecer gradualmente e posteriormente de uma só vez. Um exemplo disso é a intervenção fracassada do Reino Unido no Canal de Suez em 1956. A  medida acarretou consequências para o país, que perdeu sua posição como Poder Global. Os políticos americanos devem entender que se nada for feito esse poderá ser o “Canal do Suez” dos Estados Unidos.

Ao longo dos últimos 70 anos, o poder americano não está somente na sua economia e força militar, mas também na sua capacidade de coordenar os esforços mundiais e ajudar outros países em momentos de crise. Segundo a Foreign Affairs, até o momento, os Estados Unidos estão falhando no combate à pandemia global.

Como não existe vácuo de poder, a China está se movendo rapidamente para preencher o vazio deixado pelos americanos e coordenar os esforços globais de resposta à crise mundial. Após errar ao tentar abafar os avanços da doença em seu próprio país, as autoridades chinesas entenderam que se forem vistas como a nação capaz de liderar, isso pode mudar profundamente a percepção global dos Estados Unidos e redefinir o papel de ambos no século XXI.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. A Ditadura Chinesa (não o povo, friso) tem grande responsabilidade pela propagação do vírus para além território da China. Não vejo como este país liderar nada em termos de movimentos mundiais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.