-Publicidade-

Oeste responde 14 dúvidas sobre a polêmica do Twitter contra Donald Trump

Empresa suspendeu permanentemente a conta do presidente norte-americano
Foto: REPRODUÇÃO/TWITTER
Foto: REPRODUÇÃO/TWITTER | censura - projeto de lei - fake news - twitter

Empresa suspendeu permanentemente a conta do presidente norte-americano

Na semana passada, o Twitter informou que suspendeu permanentemente a conta de Donald Trump, o presidente da maior democracia do planeta. A decisão foi seguida por outras plataformas. No centro do debate, as grandes empresas de tecnologia que detêm o controle do espaço público mais controverso e disputado da atualidade — as redes sociais.

Oeste listou 14 perguntas e respostas sobre o desligamento de Trump das redes de comunicação globais e os possíveis desdobramentos da medida. A seguir, uma das questões:

 — Especialistas têm feito a seguinte comparação: “É como se um provedor de TV paga tivesse cortado do cardápio de canais por assinatura uma emissora que divulga mensagens de ódio 24 horas por dia”. Isso faz sentido?

O problema aqui é definir o que são “mensagens de ódio”. No primeiro tuíte tido como inapropriado, Trump disse considerar seus eleitores “grandes patriotas norte-americanos” e insiste que eles terão “UMA VOZ GIGANTE” no futuro. Na outra mensagem, ele confirma que não participará da cerimônia de posse de Joe Biden. E é isso. Fim de papo. O Twitter alegou que a conta de Trump corria o “risco” de “incitar a violência”. Ou seja: além de julgar ter o direito de estabelecer o que pode ou não pode ser dito no debate público, o Twitter age quase como uma instância superior ao Judiciário. A companhia toma providências antes que um suposto crime venha a acontecer, mas apenas por — segundo seus critérios — considerar que há riscos de que ilegalidades possam ocorrer.

O conteúdo completo pode ser lido aqui.

Leia também a matéria de capa da Edição 43 da Revista Oeste – “Os novos senhores do mundo”, da colunista e analista política Ana Paula Henkel

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês