Partido Comunista Chinês: 100 anos de opressão

Na Revista Oeste, Dagomir Marquezi trata de um centenário celebrado 'no melhor estilo stalinista'
-Publicidade-
Celebração dos 100 anos do Partido Comunista Chinês acontece 'no melhor estilo stalinista', diz Dagomir Marquezi
Celebração dos 100 anos do Partido Comunista Chinês acontece 'no melhor estilo stalinista', diz Dagomir Marquezi | Foto: Reprodução

Em seu artigo publicado na Edição 67 da Revista Oeste, Dagomir Marquezi trata dos 100 anos do Partido Comunista Chinês, celebrados no dia 1º de julho. Segundo o colunista, a comemoração se dá “no melhor estilo stalinista”.

“Em outros aspectos, nem lembra suas origens revolucionárias. Existe até quem sugira que o nome ‘comunista’ seria apenas uma grife para enfeitar a ditadura de uma elite que só pensa em enriquecer sem escrúpulos. E há também os que consideram que essa é justamente a perfeita definição de comunismo”, afirma.

Leia outro trecho:

-Publicidade-

“O PCC tem o que comemorar? Sem dúvida. A China virou uma potência econômica global com pretensões de ser o país mais poderoso em poucas décadas. Está preparando uma nova estação espacial, pousou uma nave em Marte e vai montar uma base na Lua. Construiu alguns dos mais avançados computadores do mundo. Deu um show de engenharia criando uma grande rede de trens de alta velocidade em tempo recorde. Suas Forças Armadas estão em acelerado processo de modernização.

“Essas conquistas acabam sendo neutralizadas pela brutalidade do regime e pela ação extremamente agressiva de seus embaixadores. Somem-se a tudo isso o fato de que nenhum outro país jamais destruiu o meio ambiente como a China e as suspeitas sobre a origem da covid-19, e temos um desastre permanente de relações públicas.”

Revista Oeste

Além do artigo de Dagomir Marquezi, a Edição 67 da Revista Oeste traz reportagens especiais e textos de J. R. Guzzo, Augusto Nunes, Guilherme Fiuza, Rodrigo Constantino, Ana Paula Henkel, Evaristo de Miranda, entre outros.

Startup de jornalismo on-line, a Revista Oeste está no ar desde março de 2020. Sem aceitar anúncios de órgãos públicos, o projeto é financiado diretamente por seus assinantes. Para fazer parte da comunidade que apoia a publicação digital que defende a liberdade e o liberalismo econômico, basta clicar aqui, escolher o plano e seguir os passos indicados.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site