Primeiro-ministro do Sudão sobrevive a atentado

Um carro bomba explodiu próximo ao comboio onde estava o primeiro-ministro do Sudão, Abdalla Hamdok, e sua esposa. Segundo informações da televisão estatal do país, ambos não foram feridos. O ataque aconteceu hoje, segunda-feira, 9.
-Publicidade-

Hamdok assumiu após a queda da ditadura de Omar al-Bashir em agosto do ano passado.

Um carro bomba explodiu próximo ao comboio onde estava o primeiro-ministro do Sudão, Abdalla Hamdok, e sua esposa. Segundo informações da televisão estatal do país, ambos não foram feridos. O ataque aconteceu hoje, segunda-feira, 9.

-Publicidade-

Segundo o governador de Cantum – a capital do país -, Ahmed Abdun, suspeitos foram presos, eles não tiveram as identidades divulgadas. O ataque aconteceu em uma estrada que liga o norte da capital ao centro.

De acordo com informações do Estadão Conteúdo, o atual primeiro-ministro assumiu após uma onda de protesto que levou à queda do ditador Omar al-Bashir, que ficou mais de 30 anos do poder. Desde a derrocada do ditador, grupos pró-democracia e os militares mantêm relações muito tensas.

Com mais de 30 milhões de habitantes, o Sudão é um país na África e um dos mais pobres do mundo.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site