Reino Unido apresenta projeto que pode anular acordos do Brexit

Boris Johnson fala em proteger a Grã-Bretanha de "interpretações extremistas ou irracionais"
-Publicidade-
Boris Johnson é o primeiro-ministro do Reino Unido | Foto: DIVULGAÇÃO
Boris Johnson é o primeiro-ministro do Reino Unido | Foto: DIVULGAÇÃO | boris johnson - reino unido

Boris Johnson falar em proteger a Grã-Bretanha de “interpretações extremistas ou irracionais”

boris johnson - reino unido
Boris Johnson é o primeiro-ministro do Reino Unido | Foto: DIVULGAÇÃO
-Publicidade-

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, apresentou nesta quarta-feira, 9, projeto de lei que visa mudar regras do mercado interno local. De acordo com ele, é necessário aprovar a proposta para preservar o país de “interpretações extremistas ou irracionais.”

Leia mais: “Itamaraty revoga status diplomático de representantes de Maduro”

A legislação proposta por Johnson muda parte do Brexit, acordo que oficialmente retirou o Reino Unido da União Europeia. As mudanças propostas pelo governo de Londres altera sobretudo as relações entre a República da Irlanda e a Irlanda do Norte. A saber: a primeira pertence à União Europeia, enquanto a segunda integra o Reino Unido.

De acordo com analistas internacionais, a intenção do primeiro-ministro do Reino Unido é bloquear o chamado acordo do “Brexit econômico”, que precisa ocorrer até o fim de outubro. Isso porque, com a saída da União Europeia, empresas britânicas devem ser afetadas com novas taxas de importação e exportação. Sem controle na fronteira, atualmente vigora uma espécie de livre comércio entre as Irlandas.

Postura criticada

Presidente do Conselho Europeu, Charles Michel reclamou da postura adotada por Boris Johnson. Para o representante da União Europeia, o governo britânico tenta violar acordos internacionais. “Não é aceitável e não cria a confiança que precisamos para construir nossa relação futura”, publicou Michel em seu perfil no Twitter.

Com informações das agências de notícias Lusa e Ansa.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site