Rússia e Ucrânia ‘estão próximas a um acordo’, afirma Turquia

Os turcos estão envolvidos nas negociações de paz entre os dois países
-Publicidade-
Vladimir Putin, presidente da Rússia
Vladimir Putin, presidente da Rússia | Foto: Reprodução/Flickr

Mevlut Cavusoglu, ministro das Relações Exteriores da Turquia, disse neste domingo, 20, que a Rússia e a Ucrânia “estão próximas a um acordo” de paz. Os ucranianos enfrentam uma invasão Russa desde 24 de fevereiro.

“É certo que não é fácil chegar a um acordo enquanto a guerra está em curso, enquanto os civis são mortos, mas queremos dizer que os avanços negociais estão progredindo”, afirmou Cavusoglu, segundo informações do portal UOL. “Vemos que as partes estão próximas a um acordo”.

A fala do chanceler ocorre depois de Mikhailo Podolyak, chefe da delegação ucraniana nas negociações de paz, começar a estipular prazos para o acordo na última semana. Kiev acredita que a guerra pode acabar entre “uma semana e meia e três semanas”. As reuniões virtuais entre as duas delegações para debater um armistício serão retomadas na segunda-feira 21.

-Publicidade-

O governo turco é um dos mais ativos na tentativa de fazer um acordo de cessar-fogo entre Rússia e Ucrânia. A Turquia fica próxima dos dois países. Os turcos têm um posicionamento político muito similar ao de Moscou em vários assuntos, mas também são um dos maiores fornecedores de armamentos para Kiev.

Apesar de condenar a invasão da Ucrânia, Recep Tayyip Erdogan, presidente da Turquia, se negou a impor sanções econômicas contra a Rússia.

De acordo com Cavusoglu, que foi às duas nações na última semana, o governo turco tem de “fazer o papel de mediador e facilitador”. No dia 10 de março, a cidade turca de Antália chegou a sediar um encontro entre os ministros das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, e da Rússia, Sergei Lavrov.

Os turcos tentam ainda fazer uma reunião entre os presidentes Volodymyr Zelensky, da Ucrânia, e Vladimir Putin, da Rússia. Porém, o Kremlin resiste ao encontro sem ter um tratado ou acordo para assinar.

Leia também: “Devagar, malfeito e complicado”, reportagem de capa publicada na Edição 102 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.