Acusada de tentativa de roubo de dados, Rússia produzirá vacina em massa este ano

Agência de segurança do Reino Unido afirma que grupo de hackers do país tentou operação no país, nos Estados Unidos e no Canadá.
-Publicidade-
O ministro de Relações Exteriores do Reino Unido, Dominic Raab se indignou com as tentativas de roubo de dados russas de vacinas da covid-19 | Foto: Freddie Everett/US State Department
O ministro de Relações Exteriores do Reino Unido, Dominic Raab se indignou com as tentativas de roubo de dados russas de vacinas da covid-19 | Foto: Freddie Everett/US State Department | rússia, roubo, vacina, covid-19, reino unido, estados unidos, canadá, pesquisas, hackers

Agência de segurança do Reino Unido afirma que grupo de hackers do país tentou operação no país, nos Estados Unidos e no Canadá

rússia, roubo, vacina, covid-19, reino unido, estados unidos, canadá, pesquisas, hackers
O ministro de Relações Exteriores do Reino Unido, Dominic Raab se indignou com as tentativas de roubo de dados russas de vacinas da covid-19 | Foto: Freddie Everett/US State Department
-Publicidade-

A agência britânica de segurança cibernética acusou nesta quinta-feira, 16, um grupo de hackers russos – que “quase certamente” trabalham nos serviços de inteligência russos – de tentar roubar informações sobre os projetos de vacinas contra a covid-19.

O Centro Nacional de Segurança Cibernética (NCSC) do Reino Unido afirmou que os alvos eram agências de pesquisa e desenvolvimento de vacinas no Reino Unido, Estados Unidos e Canadá. As alegações foram apoiadas pelas autoridades norte-americanas e canadenses.

“O NCSC está avaliando que (o grupo) APT29, também chamado de Dukes ou Cozy Bear quase certamente opera como parte dos serviços de inteligência russos”, afirmou um comunicado da instituição.

“Enquanto outros perseguem seus próprios interesses com comportamento irresponsável, o Reino Unido e seus aliados estão trabalhando duro para encontrar uma vacina que proteja a saúde de todos. O Reino Unido continuará a combater aqueles que realizam esses ataques cibernéticos e trabalhará com aliados para responsabilizar os responsáveis”, afirmou o ministro de Relações Exteriores do Reino Unido, Dominic Raab.

Em meio às acusações, a Rússia anunciou que planeja produzir 30 milhões de doses experimentais de uma vacina experimental contra o coronavírus este ano e que tem condições de fabricar mais 170 milhões de doses no exterior, segundo o fundo soberano de saúde do país.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site