Revista Oeste - Eleições 2022

Suspeitos de matarem 53 imigrantes em caminhão são presos nos EUA

Um deles, o motorista do veículo, se escondeu entre os corpos para não ser pego pela polícia
-Publicidade-
53 corpos são encontrados dentro de caminhão no Texas, EUA
53 corpos são encontrados dentro de caminhão no Texas, EUA | | Redes Sociais

Quatro homens foram acusados de envolvimento na morte de 53 imigrantes encontrados dentro de um caminhão na segunda-feira 27 em San Antonio, Texas, EUA.

O suspeito apontado de ser o motorista do veículo, Homero Zamorano, de 45 anos de idade, foi preso perto do local da tragédia. Ele havia tentado se passar por uma das vítimas. De acordo com um comunicado à imprensa, a Procuradoria do Distrito Oeste do Texas declarou que o homem recebeu a acusação de contrabando de estrangeiros resultando em morte.

Homero Zamorano
Homero Zamorano, suspeito de ser o motorista do caminhão | Foto: Reprodução Facebook
-Publicidade-

O segundo suspeito acusado é Christian Martinez, de 28 anos de idade. Ele se comunicava com Homero Zamorano sobre contrabando de seres humano, informaram os promotores federais. O homem, que não teve a nacionalidade divulgada, foi acusado de “conspiração para transportar estrangeiros ilegais”. Se condenados, os dois podem enfrentar pena de morte ou prisão perpétua.

Os outros dois homens suspeitos são Juan Francisco D’Luna-Bilbao e Juan Claudio D’Luna-Mendez, ambos do México. Eles foram detidos em uma residência em San Antonio, cujo endereço constava no registro do caminhão envolvido no incidente. A dupla já havia sido acusada ​​de posse de armas de fogo enquanto residiam ilegalmente nos EUA.

Relembre o caso

O caminhão foi encontrado próximo aos trilhos da ferrovia em uma área remota na periferia sul de San Francisco, informou a emissora KSAT. O local fica a cerca de 250 quilômetros da fronteira entre Estados Unidos e México.

Segundo a vereadora Adriana Rocha Garcia, que representa o Distrito de San Antonio, outras 16 pessoas foram levadas ao hospital. Autoridades informaram que no grupo resgatado com vida há dois guatemaltecos, mas não há mais informações sobre as nacionalidades das vítimas e dos demais sobreviventes.

A hipótese inicial é que as vítimas são imigrantes, de acordo com o jornal New York Times. Acredita-se que todos os que estavam na carreta entraram nos EUA de forma ilegal. Até o momento, foram identificados 27 mexicanos, 14 hondurenhos, sete guatemaltecos e dois salvadorenhos, de acordo com autoridades do México. A nacionalidade das demais vítimas ainda é incerta.

O ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, publicou no Twitter que a asfixia das vítimas no caminhão é considerada uma “tragédia no Texas”, e disse que o consulado estava a caminho do local.

Não se sabe ainda como as pessoas morreram. Há uma onda de calor nessa região do Texas — ontem, foi registrada temperatura superior a 39ºC. Não havia água no espaço onde as pessoas estavam amontoadas. O Departamento de Segurança Interna dos EUA assumiu a investigação.

Show de horrores

Agentes de segurança envolvidos na solução do caso informaram ao jornal Texas Tribune que os corpos dos 53 imigrantes encontrados mortas dentro do caminhão estavam cobertos por tempero de carne, na tentativa de disfarçar o cheiro de putrefação.

Assine a Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.