Tailândia espera concluir usina com 145 mil painéis solares até junho

Instalação está sendo montada nas proximidades de uma usina hidrelétrica; local se tornou um grande centro híbrido de produção de energia solar
-Publicidade-
Tailândia espera contar com o maior centro flutuante de produção de energia solar do mundo
Tailândia espera contar com o maior centro flutuante de produção de energia solar do mundo | Foto: Reprodução/CNN

O governo da Tailândia está na reta final de uma obra inovadora que deve se tornar o maior centro flutuante de produção de energia solar do mundo. O projeto conta com 145 mil painéis solares que ficam presos a uma estrutura flutuante na água. A conclusão das obras está programada para junho deste ano, informa a CNN.

A instalação está sendo montada nas proximidades de uma usina hidrelétrica. O local se tornou um grande centro híbrido de produção de energia solar. Criticado pela comunidade internacional em função da grande emissão de poluentes, o governo tailandês anunciou que pretende construir mais oito centros semelhantes até 2027.

Leia também: “Bill Gates e o capitalismo verde”, artigo de Tim Black, da Spiked, publicado na Edição 50 da Revista Oeste

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro