Trump suspende viagens da Europa para os Estados Unidos

Medida é uma tentativa de conter o avanço do novo coronavírus
-Publicidade-

Medida é uma tentativa de conter o avanço do novo coronavírus

O presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira, 11, a suspensão de todos os voos da Europa para os Estados Unidos, com exceção do Reino Unido.

-Publicidade-

A determinação veio no mesmo dia em que a Organização Mundial da Saúde decidiu classificar como pandemia o surto de coronavírus.

A medida entra em vigor nesta sexta-feira, 13, tem prazo de 30 dias e é válida para estrangeiros que estiveram na Europa nos 14 dias anteriores ao retorno aos Estados Unidos.

Trump disse que a situação causada pelo coronavírus não é “uma crise financeira”:

“Isso é apenas um momento temporário que vamos superar como nação e como mundo”, disse o republicano em pronunciamento feito do Salão Oval, na Casa Branca

Donald Trump ainda acusou a Europa de não ter tomado as medidas necessárias para evitar o crescimento da pandemia.

A Casa Branca também vai solicitar ao Departamento do Tesouro que sejam adiados alguns pagamentos de impostos de empresas e pessoas afetadas pelo coronavírus.

Segundo Trump, a medida forneceria 200 bilhões de dólares adicionais em liquidez para a economia.

O coronavírus também segue afetando o mercado financeiro. O índice Dow Jones fechou em baixa de 5,86%, o S&P 500 perdeu 4,89%, e o Nasdaq recuou 4,70%.

Até agora, há mais de 1 mil casos de covid-19 nos Estados Unidos. 36 pessoas morreram.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.