-Publicidade-

Wisconsin e Michigan voltam a ser democratas; entenda

Trump havia levado a melhor nos dois Estados em 2016
Trump segue na disputa, mas perdeu dois Estados do "Cinturão da Ferrugem"  Foto: Reprodução/Instagram
Trump segue na disputa, mas perdeu dois Estados do "Cinturão da Ferrugem" Foto: Reprodução/Instagram | Wisconsin e Michigan x trump

Trump havia levado a melhor nos dois Estados em 2016

Wisconsin e Michigan x trump
Trump segue na disputa, mas perdeu dois Estados do Cinturão da Ferrugem
Foto: Reprodução/Instagram

Oficialmente, a disputa pela Presidência da República dos Estados Unidos continua em aberto. Com a maioria dos Estados caminhando para o fechamento da contagem de votos, no entanto, já é possível fazer alguns recortes na noite desta quarta-feira, 4. Um deles é que o candidato à reeleição, Donald Trump, perdeu dois Estados que havia conquistado em 2016: Wisconsin e Michigan.

Leia mais: “‘Cada voto deve ser contado’, pede Joe Biden”

Há quatro anos, quando disputou a Presidência com Hillary Clinton, o candidato do Partido Republicano levou os 26 delegados em disputa na soma dos dois Estados que integram a região conhecida por Cinturão da Ferrugem. Na eleição deste ano, entretanto, o resultado foi diferente. Trump viu o democrata Joe Biden conquistar os 16 delegados de Michigan e os 10 em jogo em Wisconsin.

Dessa forma, é possível afirmar que a eleição norte-americana de 2020 fez com que os dois Estados voltassem a ser democratas. Até o pleito de 2016, Wisconsin e Michigan tinham histórico recente de apoio ao Partido Democrata. Tirando o momento em que ajudaram a eleger Trump, ambos os Estados não decidiam em favor de um candidato desde o início da década de 1990 — conforme é possível conferir no mapa abaixo.

Delegados ainda em disputa

Trump perdeu os Estados de Michigan e Wisconsin, mas ainda pode vencer na Pensilvânia, na Carolina do Norte, na Geórgia e no Alasca. Até as 21h30 desta quarta-feira, o site do jornal The New York Times afirma que ele segue à frente nos quatro locais, que rendem 20, 15, 16 e 3 delegados no Colégio Eleitoral, respectivamente. Pelo momento da apuração, ele está atrás de Joe Biden em Nevada (6 delegados) e Arizona (11 delegados).

“Eleições 2020: entenda por que 270 votos elegem o presidente”

“Campanha de Trump diz que pedirá recontagem de votos em Wisconsin”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. A kloaca de quem acha isso! Pode mandar recontar que vai achar uma fraude descarada que eles não tem mais vergonha de esconder! Ainda por cima em Michigan cujas casa estavam cheias de adevisvos pró Trump!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês