-Publicidade-

Fabio Wajngarten reage a assalto e prende criminoso

Secretário-executivo do Ministério das Comunicações foi alvo de abordagem criminosa em São Paulo
O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Fabio Wajngarten | Foto: AGÊNCIA SENADO
O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Fabio Wajngarten | Foto: AGÊNCIA SENADO | Fabio Wajngarten - assalto

Secretário-executivo do Ministério das Comunicações foi alvo de abordagem criminosa em São Paulo

Fabio Wajngarten - assalto
O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Fabio Wajngarten | Foto: AGÊNCIA SENADO

Secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Fabio Wajngarten fez valer o título de autoridade e prendeu o homem que tentou assaltá-lo na tarde de hoje em São Paulo. O integrante do governo federal estava nos Jardins, região nobre da capital paulista, quando foi abordado.

Leia mais: “Secretário preso pela PF segue com a ‘confiança’ de Doria”

De acordo com as informações divulgadas até o momento, Wajngarten quase foi vítima da ação realizada por um motociclista, que tentou roubar seu relógio. A abordagem, entretanto, não teve êxito. Isso porque o secretário inverteu a situação e deu voz de prisão, apesar do homem em questão afirmar que estava portando arma de fogo.

Wajngarten, conforme relatado à polícia, chegou a correr por um instante atrás do assaltante — e contou com apoio dos agentes de segurança que chegaram ao local minutos depois. Por ora, identidade do criminoso não foi revelada. Boletim de ocorrência foi registrado no 78º Distrito Policial da cidade de São Paulo.

Integrante do governo federal desde o início da gestão Bolsonaro, Wajngarten responde como secretário-executivo do Ministério das Comunicações desde que a pasta foi reativada. Anteriormente, ele era secretário especial de Comunicação da Presidência da República.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês