Aziz suspende sessão da CPI logo no início e chama ‘reunião secreta’

Previsão é que sejam votados requerimentos para convocações de autoridades inclusive governadores e prefeitos
-Publicidade-
Ao centro, presidente da CPI da Covid, Omar Aziz, e outros senadores | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Ao centro, presidente da CPI da Covid, Omar Aziz, e outros senadores | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

A CPI da Covid se reúne nesta quarta-feira, 26, em uma “reunião secreta”. Pouco depois de abrir a sessão, o presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), suspendeu o encontro e chamou os senadores do colegiado para se reunirem em outra sala.

“Eu vou suspender a reunião e nós temos uma reunião na sala 7. Eu peço aos senadores para que a gente possa se dirigir lá e fazer uma reunião secreta da comissão, pode ser?”, pontuou Aziz.

Leia mais: “Haddad busca apoio de Alckmin e pede ‘compromisso’ em 2022”

-Publicidade-

A previsão é de que a CPI vote hoje requerimentos para convocações de autoridades, inclusive governadores e prefeitos. Também está na pauta a convocação de integrantes do segundo escalão do Ministério da Saúde e as reconvocações do ex-ministro Eduardo Pazuello e do atual titular da pasta, Marcelo Queiroga.

Governadores que podem ser convocados

  • Amapá – Waldez Góes (PDT)
  • Amazonas – Wilson Lima (PSC)
  • Distrito Federal – Ibaneis Rocha (MDB)
  • Pará – Helder Barbalho (MDB)
  • Rio de Janeiro – Cláudio Castro (PSC)
  • Rio Grande do Sul – Eduardo Leite (PSDB)
  • Rondônia – Marcos Rocha (PSL)
  • Roraima – Antonio Denarium (sem partido)
  • Santa Catarina – Carlos Moisés (PSL)
  • Tocantins – Mauro Carlesse (PSL)
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro