‘Brasil precisa de paz, amor e vacina’, diz Doria

Mais cedo, presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar que a imunização não será compulsória no país
-Publicidade-
Governador de São Paulo, João Doria | Foto: Governo do Estado de São Paulo
Governador de São Paulo, João Doria | Foto: Governo do Estado de São Paulo

Mais cedo, presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar que a imunização não será compulsória no país

Doria
Governador de São Paulo, João Doria | Foto: Governo do Estado de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria, defendeu nesta segunda-feira, 19, que a vacina contra a covid-19 deve ser aplicada em todos os brasileiros.

-Publicidade-

Em entrevista coletiva, Doria reagiu às falas do presidente Jair Bolsonaro, que voltou a afirmar que a imunização não será obrigatória no país.

“O Brasil precisa de paz, amor e vacina para salvar os brasileiros. Entendo que a vacina deve ser aplicada a todos os brasileiros, para salvar a vida de todos. Não estamos em uma corrida eleitoral ou ideológica. Estarei ao lado de médicos e cientistas que querem salvar vidas”, disse Doria.

Na saída do Palácio do Alvorada na manhã de hoje, Bolsonaro afirmou que o ministro da Saúde “já disse que não será obrigatória essa vacina e ponto final”.

LEIA MAIS: AS REDES SOCIAIS E A “CENSURA DO BEM”, NA EDIÇÃO DESTA SEMANA DA REVISTA OESTE

Sem citar Doria nominalmente, Bolsonaro ainda afirmou que tem “governador que está se intitulando o médico do Brasil”.

Na sexta-feira, 16, o tucano afirmou que a vacinação contra a covid-19 no Estado será obrigatória.

Nesta segunda-feira, o Instituto Butantã informou que a vacina chinesa Coronavac é a mais segura entre todas as testadas no Brasil por apresentar o menor índice de efeitos colaterais.

Com informações do Estadão Conteúdo

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

10 comentários

  1. Ficamos num mato sem cachorro, mas é certo que O Presidente necessita ser um pouco mais polido e cordato!
    Está guerrinha não está levando a nada!

    1. ”Ficamos num mato sem cachorro!” Pois foi a escolha de vocês. Agora chora nenem!!!!!!!!!!!!!!!!!! Vá se lamentar sentado no colo do capeta!!!!!!!!

  2. Opções os paulistas tinham, o Rodrigo Tavares do PRTB e o Major Costa e Silva que sofreu atentado! Como escolheram esse office boy da xina, agora tomam no kú diariamente pra aprender a ficarem mais espertos! Tem gente que só aprende na dor mesmo, e tem gente que nem na dor aprende! Aí vem aquela desculpa, Tavares e Costa e Silva não tem bastidores e poder político! E por acaso o Jair Bolsonaro tinha? Mesmo assim foi presidente. Mas não. Acharam que só de elegerem o presidente, estaria tudo de boa, agora tão vendo que não né? Não deram uma base boa pra ele, insistem em figuras como Nhonho, aí fica dificil mesmo! Vê se aprendem nas eleições municipais que virão, pulhas! E parem de fazer na urna o que fazem na privada, ou depois virão com aquela empáfia e arrogância de sempre de querer se mudar pra fora daqui, dizendo que tem casa pronta em outro país e por aí vai! Cansei de retardados que agem dessa forma, SEUS DESGRAÇADOS!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site