Caixa 2: Ex-assessor de Maia vai prestar depoimento à PF

Caso é referente a inquéritos contra o atual presidente da Câmara
-Publicidade-
O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil | rodrigo maia - depoimento de ex-assessor à pf - pgr

Caso é referente a inquéritos contra o atual presidente da Câmara dos Deputados

rodrigo maia - depoimento de ex-assessor à pf - pgr
O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
-Publicidade-

Um ex-assessor parlamentar do atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), terá de prestar depoimento à Polícia Federal (PF) ao decorrer dos próximos dias. Sidney Medeiros Falcão conversará com agentes devido a pedido feito pelo procurador-geral da República, Augusto Aras. A convocação de Medeiros Falcão faz parte de investigações contra Maia por suspeita de prática de caixa dois.

Leia mais: “Sem aval para reeleição, Maia indica 5 possíveis sucessores”

De acordo com Aras, o ex-assessor parlamentar poderia atuar como operador financeiro em favor de Maia. Em delação premiada, o ex-diretor da empreiteira OAS José Maria Linhares Neto afirmou que o nome de Medeiros Falcão aparecia em lista como responsável por receber valores de caixa dois para o deputado federal, informa o jornal O Globo. O ex-assessor parlamentar trabalhou no gabinete de Maia por anos, deixando o posto por volta de 2013.

“Atos envolviam o pagamento de vantagens ilícitas ao citado deputado, feitas não apenas por meio de doações eleitorais oficiais, mas também mediante pagamentos de vultosos valores em espécie”

“Tais atos envolviam o pagamento de vantagens ilícitas ao citado deputado, feitas não apenas por meio de doações eleitorais oficiais, mas também mediante pagamentos de vultosos valores em espécie a seus prepostos”, afirmou o procurador-geral em parte do ofício encaminhado ao Supremo Tribunal Federal (STF). Na corte, coube ao ministro Edson Fachin concordar com o pedido vindo da PGR e autorizar o depoimento de Medeiros Falcão.

Defesa

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, aproveitou para novamente se defender das investigações em curso. “[O] inquérito já havia sido arquivado”, comentou o integrante do Democratas à equipe do jornal O Globo. “Certeza que será arquivado novamente”, prosseguiu o congressista. Por fim, ele evitou criticar o trabalho desempenhado por Aras à frente do caso. “Confio na isenção do procurador-geral da República”, afirmou o deputado.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comments

    1. O Botafogo tem andado nervoso.
      Se reeleito Pres. da Câmara dos Deputados conseguiria chantagear e pressionar….., de volta ao piso raso, sua bala na agulha vira traque.
      Aguardemos se haverá mesmo arquivamento excelência!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site