Câmara aprova MP que fixa salário mínimo em R$ 1.212

Novo valor já está valendo, mas precisa ser referendado pelo Congresso
-Publicidade-
Câmara dos Deputados | Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados | Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 24, a medida provisória que fixou o novo valor do salário mínimo em R$ 1.212 em 2022. A MP foi publicada em 31 de dezembro de 2021 e, desde então, o novo valor passou a valer, mas, para se tornar lei definitiva, precisa ser aprovada pelo Congresso até 1º de junho. A matéria segue agora para o Senado.

O novo valor considera a correção monetária pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de janeiro a novembro de 2021 e a projeção de inflação de dezembro de 2021, estimada pela área técnica do Ministério da Economia, portanto, não há aumento real, apenas a correção inflacionária.

-Publicidade-

No total, o reajuste é de 10,18% em relação ao salário mínimo anterior, que era de R$ 1,1 mil. O valor diário do salário mínimo corresponde a R$ 40,40, e o valor horário, a R$ 5,51. Foram apresentadas 11 emendas, todas na tentativa de aumentar o valor do salário mínimo, mas a relatora, Greyce Elias (Avante-MG), rejeitou as mudanças.

“Estima-se que cada aumento bruto de R$ 1 no valor do salário mínimo provoca o aumento de, aproximadamente, R$ 364,8 milhões para o ano de 2022”, afirmou a deputada.

De acordo com informações do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário mínimo serve de referência para 56,7 milhões de pessoas no Brasil, das quais 24,2 milhões de beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.