Câmara dá aval à tramitação da PEC Emergencial

A votação do mérito em dois turnos está prevista para amanhã, quarta-feira 10
-Publicidade-
O placar foi de 366 votos a 118 pela tramitação, com duas abstenções
O placar foi de 366 votos a 118 pela tramitação, com duas abstenções | Foto: Afonso Marangoni/Revista Oeste

A Câmara dos Deputados avalizou nesta terça-feira, 9, a tramitação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que viabiliza a retomada do pagamento do auxílio emergencial a trabalhadores informais. O placar foi de 366 votos a 118 pela tramitação, com duas abstenções. O texto, conhecido como PEC Emergencial, foi aprovado na semana passada pelo Senado e depende agora da análise pela Câmara, onde precisará passar por dois turnos de votação. Para ser aprovado, dependerá dos votos de ao menos 308 dos 513 deputados. Nessa primeira votação, os parlamentares não analisaram o mérito do texto, e sim seus aspectos formais — ou seja, se a redação está de acordo com a técnica legislativa e se não fere princípios jurídicos ou constitucionais. Para isso, eram necessários votos da maioria simples dos deputados. Após liberar a tramitação do texto, o plenário começou a discutir o conteúdo da PEC. A votação do mérito em dois turnos, no entanto, está prevista para amanhã, quarta-feira 10. As informações são do G1.

Leia também: “Saiba com qual comissão da Câmara ficará cada partido”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.