Câmara pede ao STF que anule buscas em gabinetes

"Operação da Polícia Federal põe claramente em risco o pleno e regular exercício do mandato", informou a Casa
-Publicidade-
Foto: FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL
Foto: FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL | Foto: FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL

“Operação da Polícia Federal põe claramente em risco o pleno e regular exercício do mandato”, informou a Casa

câmara
Plenário da Câmara dos Deputados
Foto: FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a anulação das buscas realizadas nos gabinetes de dois parlamentares: Paulinho da Força (Solidariedade-SP) e Rejane Dias (PT-PI). Ambos foram alvo de mandados de busca e apreensão da Polícia Federal (PF).

-Publicidade-

Conforme a Casa, uma operação da PF que mira gabinetes de deputados põe “claramente em risco o pleno e regular exercício do mandato”. Além disso, já há no STF outros pedidos da Câmara e do Senado para que a Corte fixe um entendimento único sobre qual deve ser o procedimento nesses casos.

Parlamentares alegam que, por usufruírem do foro privilegiado, não estão submetidos às decisões vindas da primeira instância da Justiça brasileira. Portanto, as ações dos agentes seriam ilegais. Paulinho da Força é suspeito de caixa 2 e Rejane Dias de desvios na área da educação do Piauí.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

6 comentários Ver comentários

  1. Como assim, a câmara faz esse pedido agora, quando os Deputados Bolsonaristas tiveram seus gabinetes vasculhados, esse porras não deram um pio. Agora que realmente faz-se necessário as busca por se tratar de corruptos e não por falar mal do stf.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.