Como foi o desempenho do panelaço bolsonarista

Apesar da redução de perfis que apoiam o presidente, aumenta o número de postagens a seu favor
-Publicidade-
PB - BOLSONARO/APOIO/JOÃO PESSOA - GERAL - Moradores de prédio em João Pessoa (PB) participam de "panelaço" em apoio ao governo do   presidente Jair Bolsonaro, na noite desta quarta- feira (18). Após panelaços contra o   governo, por volta das 20h, apoiadores de Bolsonaro realizam um outro panelaço a favor do   presidente, por volta das 21h.    18/03/2020 - Foto: JOSEMAR GONÇALVES/TRIPÉ IMAGEM/ESTADÃO CONTEÚDO
PB - BOLSONARO/APOIO/JOÃO PESSOA - GERAL - Moradores de prédio em João Pessoa (PB) participam de "panelaço" em apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro, na noite desta quarta- feira (18). Após panelaços contra o governo, por volta das 20h, apoiadores de Bolsonaro realizam um outro panelaço a favor do presidente, por volta das 21h. 18/03/2020 - Foto: JOSEMAR GONÇALVES/TRIPÉ IMAGEM/ESTADÃO CONTEÚDO

Apesar da redução de perfis que apoiam o presidente, aumenta o número de postagens a seu favor

Após panelaços contra o governo, por volta das 20h, apoiadores de Bolsonaro realizam outro panelaço a favor do presidente, por volta das 21h. 18/03/2020 – Foto: JOSEMAR GONÇALVES / TRIPÉ IMAGEM / ESTADÃO CONTEÚDO
-Publicidade-

Ontem, quarta-feira 18, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro reagiram ao protesto da oposição contra o governo federal. Os atos marcados para as 21 horas foram registrados em pelo menos 15 cidades, entre elas Brasília, São Paulo, Campinas, Guarulhos e Rio de Janeiro.

A contraofensiva bolsonarista se preparou depois de o presidente anunciar ontem nas redes sociais o panelaço de apoio ao Executivo. No domingo, dia 15, cerca de 200 cidades tiveram protestos contra parlamentares do Congresso e ministros do Supremo Tribunal Federal.

Monitoramento feito por Oeste nos últimos dias aponta que, entre três hashtags pró-governo, aquela  com mais interações no Twitter foi “PanelacoContraAEsquerda” (185 mil). Porém, permaneceu em segundo lugar na disputa pela primeira posição nos trending topics. “ForaBolsonaro” (156 mil interações) ainda sim ocupou a liderança.

De acordo com levantamento da consultoria especializada em análise de dados Bites, isso se justifica porque houve redução de perfis nas redes sociais que defendem o presidente. Contudo, enquanto os adversários de Bolsonaro estão publicando, em média, 2,52 postagens por perfil, os apoiadores do presidente produzem 5,59 tuítes.

O quadro vem sendo desenhado desde o último domingo, quando Bolsonaro decidiu cumprimentar manifestantes em Brasília, apesar das recomendações do Ministério da Saúde para evitar aglomerações. A Bites conclui que o apoio ao presidente nas redes é um pouco menor do que foi em outros momentos, como nas manifestações de 26 de maio de 2019.

Outra percepção tida por Oeste é a de que as notícias com maior engajamento na internet e nas redes sociais foram as de veículos da mídia tradicional, ou seja, prevaleceram informações negativas sobre o governo. Logo, até o momento o presidente não conseguiu impor na web a sua versão acerca da realidade. O que também pode ser justificado, portanto, pelo pouco tempo que a base bolsonarista teve para se mobilizar.

Confira algumas repercussões

Protestos da esquerda

Nesta quarta-feira, 18, segundo dia de panelaço contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, a oposição teve presença em algumas cidades brasileiras, como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba e Florianópolis.

Oeste monitorou nas redes que se mantiveram os protestos da oposição em bairros nobres. Em São Paulo, por exemplo, houve registros de manifestações nos Jardins, em Higienópolis, no Itaim Bibi e na Vila Madalena. No Rio de Janeiro, panelas foram batidas em Copacabana, Leblon e Gávea.

Conforme noticiado pela revista, o primeiro dia de panelaço da esquerda também ocorreu em locais abastados do Brasil.

(Colaborou Pérola Stewart)

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

  1. Ocorreu que muito gente não aprovou a atitude do Presidente de apertar as mãos dos seus apoiadores. Mas isso passa. Melhor ter um Presidente trapalhão do que um Presidente ladrão

  2. Os contrários ao Bolsonaro tiveram muito mais tempo para planejar o panelaço, com até projetor de imagens. Os videos bem editados em sua maioria vinham de militantes com pouquíssimos seguidores.
    Já os Pró-Bolsonaro foram convocados em cima da hora, agiram rápidos e fizeram um grande panelaço. Comparando aos videos foi surpreendente a reação.
    O problema está na extrema imprensa em não mostrar de forma isenta as duas manifestações.
    Tirem suas conclusões checando os videos e comparando o panelaço em cada cidade.

  3. Ouvi meia dúzia de batedores, com exceção de um, mora na minha vizinhança, que gritou durante meia hora: “Bolsonaro fascista”.
    Às 21hs não ouvi nada.

  4. O momento requer serenidade e foco na prioridade 1 que é o COVID 19, que poderá resultar em rombos não economia maiores que as desfaçatez de governos passados. A Globo vem agindo de forma irresponsável dando mais ênfase às trabalhadas com máscaras e aos desnecessários panelaços do que as medidas que vem sendo adotadas pelo governo!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site