-Publicidade-

Conselho de Ética e comissões da Câmara retornam às atividades

Relator acredita que menos de 30% dos deputados poderão comparecer em cada sessão
Fachada da Câmara dos Deputados
Fachada da Câmara dos Deputados | Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Nesta quinta-feira, 11, a Câmara dos Deputados aprovou o retorno das comissões e do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. Os colegiados estavam com seu funcionamento suspenso desde março de 2020, como medida para impedir a contaminação por coronavírus.

Leia também: “Quem é quem na Mesa Diretora da Câmara?”

Anteriormente, a aprovação dos projetos era feita apenas através do plenário virtual da Casa. A nova resolução traz um sistema híbrido de deliberação com a presença dos parlamentares de modo físico e remoto — a modalidade à distância deve ser destinada preferencialmente aos deputados que estão no grupo da covid-19.

Deputados na Câmara

De acordo com o relator, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), a Mesa Diretora vai estipular o número máximo de parlamentares que poderão reunir-se presencialmente por sessão plenária.

Ramos estima que cerca de 140 deputados poderão participar das reuniões no Plenário Ulysses Guimarães sem provocar aglomerações — o número corresponde a 27% dos 513 deputados federais que existem na Casa.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês