Coronavírus pode levar PF a adiar operações

A Polícia Federal está avaliando suspender as ações por 15 dias por causa da pandemia do coronavírus. A orientação foi passada via ofício aos delegados regionais pelo diretor de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Igor Romário de Paula.
-Publicidade-
Foto: Polícia Federal/Flickr
Foto: Polícia Federal/Flickr

Ofício do diretor de Investigação e Combate ao Crime Organizado pede que as operações sem urgência sejam postergadas por pelo menos 15 dias

A Polícia Federal está avaliando suspender por 15 dias as ações por causa da pandemia do coronavírus. A orientação foi passada via ofício aos delegados regionais pelo diretor de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Igor Romário de Paula.

-Publicidade-

O documento pede que, caso não seja possível adiar as operações, as equipes adotem precauções para a proteção de todos os envolvidos.

A PF já tinha tomado outras medidas, como o cancelamento de atendimentos presenciais, a restrição da emissão de passaportes, o trabalho remoto para alguns servidores — principalmente aqueles dos grupos de risco — e a suspensão da visita a presos na unidades da corporação.

Com informações do Estadão Conteúdo.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.