Eduardo Bolsonaro, Carla Zambelli e outros deputados participam de ato pró-armas

Na página oficial está escrito que se trata do 'maior encontro armamentista do país'
-Publicidade-
Manifestantes em evento pró-armas | Foto: Reprodução/Twitter
Manifestantes em evento pró-armas | Foto: Reprodução/Twitter

Manifestantes se reuniram em Brasília nesta sexta-feira, 9, em ato pró-armas. O evento ocorreu em frente à Catedral Metropolitana e contou com a presença de políticos, como os deputados Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Carla Zambelli (PSL-SP) e Vitor Hugo (PSL-GO).

Na página do ato, intitulado “II Encontro Pró-armas pela Liberdade”, está escrito que se trata do “maior encontro armamentista do país”. Alguns dos presentes usavam camiseta com os dizeres “Não é sobre armas, é sobre liberdade” e muitos estavam de branco, a pedido dos organizadores.

Leia mais: “Brasil supera marca de 110 milhões de doses aplicadas”

-Publicidade-

O tenente Mosart Aragão, assessor especial do presidente Jair Bolsonaro, e o ex-deputado Roberto Jefferson, presidente do PTB, também compareceram.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

19 comentários

  1. Também sou totalmente favorável ao uso de armas de fogo, desde que cumpra todos os requisitos da regulamentação. No Brasil, só bandidos e políticos canalhas e ladrões, andam com segurança.

      1. Celso Neto, realmente se você é contra as armas, diga: “Não concordo e etc.”, mas por favor não venha aqui com estes argumentos nada recomendáveis e que não tem nenhuma ligação com a matéria.

      2. Comtratar médicos cubanos por 11 mil.reais, pagar ao medico apenas 3 mil e enviar 8 mil para o governo de Cuba é Gran Canyon?

      3. Rachadinha pro Lula é troco. Ele reparte é milhões com companheiros e filhos.

      4. Exato, não é o Lula que está sendo acusado desse ilícito que é erroneamente praticado por 95% dosembros da Alerj, no caso o Jair Bolsonaro também não está. Já o Lula foi condenado pelo desvio de centenas de milhões de reais dos cofres públicos, bem como Renan, Aziz e outros quadrilheiros da CPI do engodo. Um camarada que se dispõe a defender o Lula, ou é burro ou muito mau caráter, no seu caso, Celso Neto, deve ser tudo junto.

  2. Quem tem uma mansão de SEIS MILHÕES de REAIS tem realmente que ter uma arma para se proteger. Até porque com salário de Senador comprar uma mansão de seis milhões de reais é prova de muita coragem. É sobre liberdade não é sobre armas. Liberdade para comprar uma mansão de sies milhões de reais e achar que todo mundo acredita nesse financiamento do BRB cuja prestação compromete todas renda do senador por décadas. Não é sobre armas, é sobre liberdade!

    1. Tá foda ser oposição no Brasil, até ficar repetindo as mesmas bobagens…. se houvesse qualquer coisa real contra já teriam usado. Até CPI fake criaram porque não acham nada contra o Bolsonaro.

      Agira querem apurar a responsabilidade do.Bolsonaro sobre a falta de chuva…. realmente tá foda.

  3. Mas que a culpa é do JB é sim! Fortaleceu a esquerda quando gritou em alto e bom som: ACABEI COM A LAVA JATO PORQUE NÃO TEM MAIS CORRUPÇÃO! kkkk Se tornou amigo do GM, nomeou um ARAS, que todos conhecem! indicou um K. Nunes para o STF que dispensa comentários! SANCIONOU a lei PETISTA do Juiz de Garantias! foi a favor da aprovação do milionário FUNDO PARTIDÁRIO, e por aí vai….. Votei nele mas não voto mais em nenhum. Credibilidade zero dos políticos leva a isso.

    1. É difícil governar SEM BASE no Congresso Nacional. Por isso foram necessárias tantas “concessões”.
      Apesar de tudo, o Brasil está hoje MUITO MELHOR do que estaria sem Bolsonaro. É Incontestável isso.

      Sua conclusão de ” não confiar mais em políticos ” É EXATAMENTE O QUE LEVOU A VENEZUELA AO TÚMULO.

  4. A CONSTITUIÇÃO no Art. 144 diz:
    “A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, … ”

    Sendo a Segurança pública RESPONSABILIDADE de TODOS, o direito de ter armas para proteção própria e da Família é INAFASTÁVEL de todo Cidadão de bem, que comprove ter as Condições pessoais e queira exercer esse Direito que a Constituição lhe garante.

  5. Estávamos falando de poder ter porte de armas ou não. A manifestação é bem clara neste sentido.
    Do jeito que a arma na mão do cidadão de bem, é tratado no Brasil, deixa o cidadão à mercê da bandidagem, que deita e rola, pela total segurança que não vai lhe acontecer nada, nem em reação da vítima nem em relação à justiça, que tem como princípio afagar cabecinha de bandido.
    O estatuto das armas foi a Plebiscito Nacional, ganhou por ampla maioria o porte de armas, mas no governo de esquerda a vontade popular é a que menos conta, e a lei foi simplesmente esquecida.

  6. malditos sejam os criminosos! tantos os amadores quantos os profissionais que estão nos partidos políticos , nas ongs, nas universidades, nos MP no STF e TSE… resta a legitima defesa!

    1. Só bandidos, ignorantes ou manipulados para ser contra isso em um país que já vive um guerra com 70 mil assassinados todo ano e marginais livres, leves e soltos, protegidos por uma justiça que não presta e uma mídia podre.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site