-Publicidade-

Eduardo Leite defende retomada do investimento estatal

Em uma videoconferência organizada por um banco, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), afirmou que cabe ao governo federal realizar investimentos para ajudar na recuperação da economia após a pandemia do coronavírus. 
Foto: Pedro França/Agência Senado
Foto: Pedro França/Agência Senado | Eduardo Leite

Para o governador do Rio Grande do Sul, ele será necessário para a volta do crescimento econômico, mas sem “farra fiscal”

Eduardo Leite
Foto: Pedro França/Agência Senado

Em videoconferência organizada por um banco, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), afirmou que cabe ao governo federal realizar investimentos para ajudar na recuperação da economia após a pandemia do coronavírus.

“Essa é a hora em que o governo tem de ser governo. Não defendo, evidentemente, que haja farra fiscal. Mas o governo vai precisar liderar o processo de retomada econômica, estimulando, seja na construção civil, seja no investimento público em infraestrutura, a saída da inércia, para que possamos mais rapidamente ter a retomada econômica”, afirmou Leite.

Sobre o Programa Pró-Brasil, o governador disse que ainda existem muitas dúvidas e que são necessárias mais informações, mas tem certeza de que caberá ao setor público estimular a economia.

Com informações do Estadão Conteúdo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Acho que melhor contrapartida para ter a ajuda federal seria a renúncia dos governadores e prefeitos que quebraram seus estados e municípios.

  2. E o que os estados e municípios, que foram declarados capazes de gerir a reação à pandemia, independentes da União, vão fazer? Porque com os direitos, vem a responsabilidade.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês