Em apoio a Lula, Boulos quer revogação de ‘reformas neoliberais’ e taxação de fortunas

Apesar das condições apresentadas, o apoio da sigla ao Partido dos Trabalhadores já é praticamente certo  
-Publicidade-
De acordo com Boulos, dos 12 pontos, três são prioritários para estreitar a relação entre Psol e PT durante as eleições de 2022
De acordo com Boulos, dos 12 pontos, três são prioritários para estreitar a relação entre Psol e PT durante as eleições de 2022 | Foto/Reprodução: redes sociais

O PT se reuniu nesta quarta-feira, 9, com o Partido Socialismo e Liberdade (Psol) para discutir o apoio da sigla à candidatura do ex-presidente Lula à Presidência da República.

De acordo com Guilherme Boulos (Psol), a adesão do Psol ao PT depende da disposição de Lula em revogar “reformas neoliberais” e em aprovar a taxação de grandes fortunas. O Psol elaborou uma plataforma com 12 pontos que o partido considera fundamentais para a construção de uma “frente ampla” encabeçada por Lula. Dos 12 pontos, três são prioritários.

O primeiro é a revogação do Teto de Gastos e da Reforma Trabalhista, medidas às quais o PT já demonstrou simpatia.

-Publicidade-

Já o segundo item é a realização de uma reforma que implemente a taxação das grandes fortunas. 

O terceiro é a adoção de uma agenda ambiental mais incisiva, passando pela demarcação de terras indígenas até o combate ao uso de fertilizantes químicos na agricultura. 

Apesar das condições apresentadas pelo Psol, o apoio da sigla a Lula já é praticamente certo. Mas isso não significa que os dois partidos avancem o acordo para compor uma federação. 

A aproximação do PT com Geraldo Alckmin, provável candidato a vice-presidente de Lula, é criticada pelo Psol, que decidiu não comparecer ao ato de filiação do ex-tucano ao Partido Socialista Brasileiro, previsto para as próximas semanas. Apesar da discordância, o Psol diz aceitar a composição escolhida em nome de uma “frente ampla”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários Ver comentários

  1. Instituto Paraná: Lula 38%
    Bolsonaro 30%

    Estamos em março, em apenas um mês reparem o quanto reduziu a diferença…. Institutos com medo de “dar ruim” se ficar mentindo… kkkkk

  2. Não sei o que é pior: Invasão de fazendas, invasão de imóveis urbanos ou invasão de IGREJAS. 👹 Só sei que vermelho não combina com Verde- e- Amarelo

    1. Não percam tempo, o maior ladrão e corrupto do Universo não vai ser candidato. Ele sabe que vai perder no primeiro turno. Vai ser a surpresa humilhação.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.