Em dia marcado por rumores, Bolsonaro fala em ‘confiança absoluta’ em Guedes

Presidente acrescentou que seu governo não fará 'nenhuma aventura' na economia
-Publicidade-
Presidente Jair Bolsonaro e ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Reprodução/TV Brasil
Presidente Jair Bolsonaro e ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Reprodução/TV Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, 22, que tem “confiança absoluta” no ministro da Economia, Paulo Guedes, e acrescentou que seu governo não fará “nenhuma aventura” na economia.

Em dia marcado por especulações sobre a permanência de Guedes no governo, o presidente Jair Bolsonaro fez um aceno a ele e foi ao Ministério da Economia e, após uma reunião, falou com a imprensa demonstrando apoio ao ministro.

-Publicidade-

Guedes pontuou que não chegou a pedir demissão nem Bolsonaro falou em demiti-lo. Os dois voltaram a defender que o Auxílio Brasil, programa que vai substituir o Bolsa Família e o auxílio emergencial, seja de R$ 400 até o fim de 2022, ano eleitoral.

“Deixo claro a todos os senhores: esse valor decidido por nós tem responsabilidade. Não faremos nenhuma aventura. Não queremos colocar em risco nada no tocante à economia”, disse Bolsonaro.

A equipe econômica defendia que ficasse em R$ 300, para se encaixar dentro do teto. Diante disso, Guedes passou a defender duas opções: ou que R$ 30 bilhões fiquem fora do teto, ou que se faça uma revisão na regra, o que só estava previsto para 2026.

As possíveis alternativas não agradaram nem ao mercado nem a integrantes da equipe econômica. Ontem, pediram demissão o secretário do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, o secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt, e os seus secretários-adjuntos.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

8 comentários Ver comentários

  1. Coitado do Paulo Guedes. Vai ficar até o fim do mandato por respeito ao Brasil e o Presidente, pois não possui mais nenhum poder de decisão. O Centrão, a Ala Política e os Milicos (aqueles mesmos que iniciaram o processo inflacionário na década de 70 e que criaram mais de 200 estatais no período em que ficaram no poder) agora mandam no Governo, e farão o que sempre foram especialistas em fazer: destruir o País economicamente, seja por incompetência, ignorância e soberba (no caso dos militares) ou interesses pessoais e de amigos (Centrão e Politiqueiros).

  2. Até agora nem um pio sequer sobre o furo no teto de gastos. Se isso não for uma aventura, então não sei o que é. Não acho necessário lembrar mas vou dizer assim mesmo: Com inflação não se brinca, já passei um apuro danado com aquele desgoverno do Sarney de triste lembrança com inflação próxima dos 85% ao mês! Esse irresponsável está de brincadeira, apenas para ficar bem na foto com seus eleitores nordestinos, viciados em esmola do governo federal.

  3. O bom mesmo é que Guedes não perde a categoria, inclusive elogia o parlamento que o defenestra diariamente e mostra para a imprensa o que fizeram nos governos anteriores economistas que o criticam.

  4. Guedes, como sempre, deu show de objetividade na coletiva.
    Mostra sempre os fatos reais em contrapartida à narrativa dos jornalistas militantes .
    Estou muito tranquilo com a conduta da economia !

  5. Faltou maturidade dos secretários que pediram demissão e paciência com a politicagem. Espero que o Congresso, depois dessa desastrosa jogada, APROVE AS REFORMAS URGENTEMENTE!!
    Tirar ou especular a saída do PG é apavorante!! A Bolsa despencou e só voltou a subir depois do pronunciamento oficial. 😓 Aff!!
    O CONSÓOOOOOORCIO DA IMPRESA É UM LIXO!!! O Centrão é danoso. Que dia, Brasil!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.