Em operação, PF apreende 2,5 toneladas de cocaína

É a maior apreensão da droga pura já realizada no Estado do Rio de Janeiro
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Polícia Federal
Foto: Divulgação/Polícia Federal | Foto: Divulgação/Polícia Federal

É a maior apreensão da droga pura já realizada no Estado do Rio de Janeiro

em operação
De acordo com a Justiça, cada quilo do entorpecente pode ser vendido por US$ 5 mil (R$ 26 mil, na cotação atual) no Rio de Janeiro | Foto: Divulgação/Polícia Federal
-Publicidade-

A Polícia Federal (PF) apreendeu 2,5 toneladas de cocaína em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na noite da segunda-feira, 1º de dezembro. É a maior apreensão da droga pura já realizada no Estado do Rio de Janeiro. Dois suspeitos foram presos, um deles é um policial militar, que estava de folga. O agente fazia a segurança do imóvel, que pertence a um homem de 41 anos, também preso em flagrante, conforme a Delegacia de Repressão às Drogas. O Ministério da Justiça e Segurança Pública já foi informado sobre o caso.

Com o PM, os agentes apreenderam ainda duas armas sem registro e um rádio comunicador. Segundo as investigações da delegacia, as substâncias encontradas foram submetidas a uma perícia preliminar, e o resultado foi positivo para cocaína. De acordo com a Justiça, cada quilo do entorpecente pode ser vendido por US$ 5 mil (R$ 26 mil, na cotação atual) no Rio de Janeiro, e entre € 25 mil e € 30 mil (entre R$ 157 mil e R$ 188 mil) na Europa. Os detidos foram indicados e responderão por tráfico de drogas. A pena pode chegar a 15 anos de prisão.

Leia também: “Vou exigir minha bolsa ditadura”, artigo de Augusto Nunes publicado na edição n° 36 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Quando esses traficantes serão liberados, afinal o STF está aí para libertar traficantes e outros criminosos. Os agentes que cumpriram a apreensão correm o risco de prisão se o famigerado ministro fachin descobrir que a ação ocorreu em alguma comunidade. Afinal ele é o protetor dos traficantes cariocas.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site