‘Era para termos ganhado no primeiro turno em 2018’, diz Bolsonaro

'Falem o que bem entenderem, mas o nosso governo tem realização e não tem corrupção', afirmou o presidente no Amapá
-Publicidade-
Jair Bolsonaro participou de evento no Amapá
Jair Bolsonaro participou de evento no Amapá | Foto: Reprodução/TV Brasil

O presidente Jair Bolsonaro voltou a colocar em dúvida a lisura do processo eleitoral no Brasil. Nesta sexta-feira, 14, em evento no Amapá, o chefe do Executivo disse que deveria ter vencido a eleição de 2018 já no primeiro turno.

“Quis Deus que, sobrevivendo a uma facada de um integrante do PSOL, eu conseguisse ganhar as eleições, que era para termos ganhado no primeiro turno se fossem eleições limpas”, afirmou Bolsonaro.

O presidente da República defendeu o próprio governo, disse que montou um “ministério técnico” e que gestões anteriores deixavam que “minorias dominassem o Planalto Central”.

-Publicidade-

“Podem dizer que sou grosso, que não tenho muita educação ou que falo demais. Falem o que bem entenderem, mas o nosso governo tem realização e não tem corrupção”, disse Bolsonaro.

No pronunciamento, o chefe do Executivo admitiu as dificuldades enfrentadas durante a pandemia de covid-19 e voltou a criticar as medidas restritivas impostas à população por prefeitos e governadores.

“Todos ganham com o nosso governo. Vivemos momentos difíceis, sim. Reconheço isso. Mas o mundo todo vem atravessando dificuldades com o pós-pandemia”, afirmou. “O pessoal falou que era para ficar em casa que a economia a gente vê depois… Ficar em casa para morrer de fome?’, indagou.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.