Esquerda critica presidente da UNE por aproximação com FHC e Ciro

Bruna Brelaz tenta reunir a oposição contra Bolsonaro
-Publicidade-
Bruna Brelaz se encontra com FHC para discutir o impedindo de Bolsonaro | Foto: Reprodução/Twitter
Bruna Brelaz se encontra com FHC para discutir o impedindo de Bolsonaro | Foto: Reprodução/Twitter

A presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Bruna Brelaz, tem sido alvo da esquerda nas redes sociais depois de construir pontes com FHC e Ciro Gomes (PDT), vistos como adversários do ex-presidente Lula por setores da oposição. Nesta semana, Brelaz se encontrou com o tucano, com a finalidade de pavimentar caminho para o impeachment de Jair Bolsonaro.

Em setembro, Brelaz esteve com Ciro para tentar unir as esquerdas, além de subir no caminhão de som do MBL nos “atos da terceira via” e a favor do impedimento do presidente da República. Nas páginas de Bruna, é possível ler comentários como “decepção”, “vergonha”, “deixe o cargo quanto antes” e “contrassenso” com os princípios do estatuto da UNE.

“Tenho a consciência tranquila”, declarou Brelaz, em entrevista publicada no jornal O Estado de S. Paulo nesta sexta-feira, 24. “Tirar Bolsonaro é assegurar o palco democrático para discutir divergências”, acrescentou, ao mencionar que a entidade estudantil busca apoio para os protestos da esquerda. Os atos devem ocorreram em 2 de outubro, na Avenida Paulista.

-Publicidade-

Leia também: “Causas perdidas”, reportagem publicada na Edição 78 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.