Esquerda se une em pedido de ‘impeachment’ de Bolsonaro

Partidos citam o caos da saúde de Manaus para agir contra o presidente
-Publicidade-
Bolsonaro: alvo de mais um pedido de 'impeachment' vindo da esquerda
Bolsonaro: alvo de mais um pedido de 'impeachment' vindo da esquerda | Foto: Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

A esquerda se movimenta para protocolar mais um pedido de impeachment contra Jair Bolsonaro. De acordo com o documento a ser entregue nos próximos dias à mesa diretora da Câmara dos Deputados, o presidente da República deve ser destituído por causa dos recentes problemas enfrentados pelo sistema de saúde no Amazonas, principalmente na capital Manaus. A informação sobre a nova ação contra o ocupante do Palácio do Planalto foi divulgada na noite da última sexta-feira, 15.

Leia mais: “Bolsonaro volta a dizer que foi eleito em 1º turno”

Para justificar o pedido de impeachment, o material fala em supostos “crimes de responsabilidade em série” no decorrer da pandemia de covid-19 no Brasil. Nesse sentido, antes de saber do desejo da esquerda contra ele, Bolsonaro enfatizou ter a “consciência tranquila” em relação a estratégias adotadas no combate ao novo coronavírus no país, conforme registrou Oeste. O material contra o presidente é assinado por cinco partidos: PT, PSB, PDT, PCdoB e Rede Sustentabilidade. Juntos, eles somam 119 dos 513 deputados federais.

-Publicidade-

Em nota, o quinteto de siglas da esquerda vai além da falar da situação de Manaus. Juntos, os partidos acusam Bolsonaro de trabalhar contra a ciência e propagar desinformações. “O presidente da República deve ser política e criminalmente responsabilizado por deixar sem oxigênio o Amazonas, por sabotar pesquisas e campanhas de vacinação, por desincentivar o uso de máscaras e incentivar o uso de medicamentos ineficazes, por difundir desinformação, além de violar o pacto constitucional entre União, Estados e Municípios”, afirmam as legendas em parte do comunicado divulgado à imprensa.

___________________

Receba os principais destaques da política brasileira diretamente no WhatsApp. Clique aqui, siga os passos indicados e faça parte da lista de transmissão da Revista Oeste.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários Ver comentários

  1. Estão desesperados, não sabem o que fazer, para voltarem à roubalheira. Precisam entender que o povo de bem desse Brasil, não vai mais se acovardar perante bandidos.

  2. Sou defensor de tudo o que representa banir o q presenciei nos últimos 30 anos pós REVOLUÇÃO COMUNISTA.DE 1.988.
    Portanto, terão resistência FERRENHA!!!.
    Hoje não me sinto traído pelo governo central, pelo executivo entendem? Pq fui às ruas desde 2.013.
    Resta a prestação de contas com o congresso que nos trai criminosamente.
    No rodízio para fulminarmos, nós a classe média, hj temos o STF, amanhã a globolixo, depois a CNN, volta no Maia, estoura no bacana Alcolumbre.
    VÃO TODOS SE FUDEREM, inclusive a OAB, e até os isentões

  3. Circo para holofotes. Muita gente deitada em berço esplêndido às custas do suor do povo brasileiro. O Brasil tem 33 partidos políticos. Não precisa de mais de três.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.