Ex-ministro da Saúde, Pazuello depõe hoje na CPI da Covid

Estão na pauta perguntas sobre o colapso no sistema de saúde de Manaus (AM) e suposta omissão do governo na aquisição de vacinas
-Publicidade-
O militar conseguiu do Supremo Tribunal Federal um pedido de <i>habeas corpus</i>
O militar conseguiu do Supremo Tribunal Federal um pedido de habeas corpus | Foto: Isac Nóbrega/PR

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 deve ouvir nesta quarta-feira, 19, o ex-ministro da Saúde general Eduardo Pazuello. Os senadores vão fazer perguntas sobre os seguintes temas: 1) o colapso no sistema de saúde de Manaus (AM) e a falta de abastecimento de oxigênio hospitalar; 2) o suposto atraso e a omissão do governo na compra de vacinas contra o coronavírus; 3) as orientações do Ministério da Saúde acerca da produção, da compra, da distribuição e do uso de medicamentos do tratamento precoce.

O militar conseguiu no Supremo Tribunal Federal um pedido de habeas corpus. Dessa forma, poderá se manter em silêncio e não produzir provas contra si mesmo durante o depoimento. Contudo, Pazuello será obrigado a responder a questionamentos que envolvam terceiros, como o presidente da República, Jair Bolsonaro. Parlamentares de esquerda, porém, querem adotar tom moderado, com a finalidade de extrair informações do general. Ontem, a CPI interrogou o ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo.

Leia também: “O que falta para o Brasil acelerar a vacinação?”, reportagem publicada na Edição 50 da Revista Oeste

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários Ver comentários

  1. Vai general pazadelo e diz assim”um mando e outro obedece” soldado capacho não tem crime e tudo bem. O genocida foi que deu a ordem. 500.000 mortes besteira todos irão morrer mesmo! Agora ficar calado é coisa de bandido e vagabundo segundo o Eduardo bananinha, quero ver a sua elegância e honradez do exército glorioso brasileiro. Há, não se esqueça de tomar o remédio diarréia ou leve flalda.

  2. Meu Deus!!!
    Este não é o País que deixarei para is meus Netos, e filhos de meus colaboradores.
    Se interessar pelo seu rincão, pelos seus concidadãos, é prestar a atenção, entender o momento, e se preparar para a capitulação dessa corja. Data que já se aproxima.
    Pense no estômago do povo brasileiro Pazuello, e na sua honradez. Um exército inteiro de patriotas de bem está ciente de suas virtudes e procedimentos.
    QUEM SABE VOCÊ VICE DO BOLSONARO EM 22?
    Em instantes lançam sua candidatura.
    Esses bandidos só dão tiros nos pés.

  3. Respostas:
    1 – O sistema de saúde pública desta capital já estava colapsado há muito tempo, perguntem ao presidente dessa CPI sobre o desvio de R$ 260 milhões, quando era governador daquele estado. A mulher e os irmãos foram presos e ele teve apenas o passaporte retido.
    1a – A falta de oxigênio hospitalar é de responsabilidade do governo estadual, perguntem ao atual governador.
    2 – Compra de vacinas só foi possível esse ano (2021) na ocasião o pau já estava comendo naquele chiqueiro amazônido.
    3 – O que a ver tratamento precoce com essa esculhambação aí? Pelo contrário, seria até benéfico para aquela população de infelizes.

    1. Se não tivesse nada a temer não teria se socorrido ao STF, não é mesmo!? Que bom o país ter instituições da República fortes como o STF, para resguardar e tutelar o cidadão, não é Pazzuello? E, ainda tem ignorantes que pedem o seu fechamento. Que isso sirva de lição para os energúmenos.

      1. Ter o que temer tem, pois vemos que existe também um autoritarismo na CPI. Na minha opinião, na pega bem ficar em silêncio ou pedir para ter essa opção. Sobre o fechamento, quem pede talvez não sabe se expressar. O que na verdade grande parte da população quer, isso inclui eu, é um STF não ativista. Que cumpra apenas as determinações CF. Fechar o STF é um absurdo, retirar alguns ministros por agir de forma irresponsável é o que almejo.

      2. O general tem direito de ficar calado, pra enfiar a mão nas fussas daqueles corruptos que estão presidindo CPI da roubalheira dos governadores e prefeitos assassinos.

      3. Um general será inquerido por ladrões desse parlanento hipercorruto.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.