#ForçaBolsonaro é o assunto mais comentado do Twitter

Apoio digital a favor do presidente ganhou musculatura depois de parlamentares de esquerda ironizarem a possível infecção
-Publicidade-
O presidente Jair Bolsonaro recebe apoio de manifestantes, em Brasília | Foto: JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL
O presidente Jair Bolsonaro recebe apoio de manifestantes, em Brasília | Foto: JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL | O presidente Jair Bolsonaro recebe apoio de manifestantes, em Brasília | Foto: JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

Apoio digital a favor do presidente ganhou musculatura depois de parlamentares de esquerda ironizarem a possível infecção

#forçabolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro recebe apoio de manifestantes, em Brasília. Nas redes, #forçabolsonaro é a mais comentada
Foto: JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

Com suspeita de ter sido infectado pelo coronavírus, o presidente da República, Jair Bolsonaro, vem recebendo, desde ontem à noite, apoio nas redes sociais. No Twitter, a hashtag #ForçaBolsonaro ocupa o primeiro lugar dos assuntos mais comentados, ao obter 187 mil engajamentos.

-Publicidade-

Além disso, as manifestações a favor do presidente ganharam musculatura depois de membros da oposição ironizarem a possível infecção. A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, por exemplo, afirmou que “o problema será de quem teve agenda com ele e dos apoiadores que recebeu na porta do Alvorada”.

A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) interpelou nas redes: “A pergunta q (sic) não quer calar: E daí?”. Assim sendo, paralela à hashtag de solidariedade a Bolsonaro disputa espaço a #forcacovid, que, até o momento, conseguiu 105 mil perfis tuitando acerca do tema.

Leia também: “A solução que venceu a ideologia”, reportagem publicada na edição n° 3 de Oeste

No Facebook, páginas de direita são responsáveis por impulsionar as manifestações de apoio ao presidente. Portanto, desta vez, o protagonismo não está com parlamentares aliados do presidente. Nos mais recentes monitoramentos de Oeste, Carla Zambelli e Bia Kicis lideravam os movimentos.

Já no Instagram, a campanha adquiriu força. Até o momento, há mais de 60 mil engajamentos na rede social. Enquanto “forcacovid” apresenta menos de 100 perfis utilizando a hashtag — dessa forma, concentra no Twitter o pouco da força que tem.

No Google, o interesse pelo nome do presidente aumentou repentinamente. “jair bolsonaro testa positivo” foi mais pesquisado em Tocantins, Rondônia e Alagoas. Em suma, porque a direita avança em redutos do PT.

O que se fala na imprensa e na mídia alternativa

Na hipótese de Bolsonaro estar contaminado, a chamada grande imprensa direciona a cobertura em matérias que visam culpar o presidente por supostamente não seguir os protocolos de segurança.

Por outro lado, sites menores e ligados à direita focalizaram no aspecto de que todos estão expostos à doença. E de que o presidente mantém a coerência, ao tomar a hidroxicloroquina, para evitar possíveis complicações.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Por que valorizar o fato do orediente ter contraído a doença? Vários gicernadirws w prefeitos do ” fique em casa” pegaram também. O vírus, e aí? Bobagem. Força, Bolsonaro. Vc irá se recuperar para continuar a fazer o bom governo. Que o Twitter veja o discurso de ódio de o de vem.: da esquerda. Torcem sempre para o vírus. Fechado com o presidente.

  2. “#forcacovid” ? O Twitter mudou a orientação e passou a permitir esse tipo de coisa ? Discurso de ódio e antidemocráticos não pode, exceto se for contra o Presidente, membros de seu governo, apoiadores e contra aqueles que manifestam concordância com ações do governo.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.