Governo confia na aprovação das contas de Bolsonaro

TCU julga nesta quarta-feira, 10, as contas de Bolsonaro. Serão analisadas em sessão extraordinária o balanço contábil do primeiro ano de governo
-Publicidade-
Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados
Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

TCU julga nesta quarta-feira, 10, as contas de Bolsonaro. Serão analisadas em sessão extraordinária o balanço contábil do primeiro ano de governo

Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

O governo está confiante na aprovação das contas do primeiro ano de mandato do presidente Jair Bolsonaro. Às 10h, o Tribunal de Contas da União (TCU) aprecia o tema em sessão extraordinária, por videoconferência. O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, diz que a expectativa é positiva.

-Publicidade-

A esperança é de uma anuência protocolar por parte do TCU. “A gente espera a aprovação das contas, como não seria diferente”, destacou Rosário, em entrevista à CNN. A decisão, contudo, pode ser feita com ressalvas. O pagamento de R$ 1,5 bilhão em benefícios previdenciários sem o devido respaldo no Orçamento será um dos motivos.

A despesa, aponta o Estadão/Broadcast, deveria ter sido executada em 2019, mas acabou virando um “orçamento paralelo” que só foi registrado no início de 2020. O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ficou, na prática, sem dotação orçamentária, mas continuou a executar os pagamentos aos aposentados, pensionistas e outros beneficiários do órgão.

Malabarismo

O malabarismo fiscal fere, entretanto, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), a Constituição e pode ser considerada crime contra as finanças públicas. A previsão de uma despesa no Orçamento é tratada como crucial pelos auditores, e a execução de um gasto sem dotação é o mesmo que “empurrar a primeira peça de um dominó de regras fiscais”.

Leia mais: Contas públicas devem ter déficit de R$ 708,7 bilhões em 2020

O governo, entretanto, pondera que não há irregularidades que comprometam as contas. Rosário destaca que a determinação interna do presidente para que todos atuem de forma legal. “Cumprindo as normas e combatendo a corrupção. Quando me convidou, é um ponto que bateu com bastante ênfase. E é isso que fazemos. O governo vem saindo bem na parte que cabe às contas e tenha certeza que elas serão aprovadas”, garantiu.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site