Guedes: Correios e Eletrobras são ‘privatizações óbvias’

Porto de Santos e estatal do pré-sal também estão na lista
-Publicidade-

Porto de Santos e estatal do pré-sal também estão na lista

Paulo Guedes
Ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Edu Andrade/Ascom/ME
-Publicidade-

O ministro da Economia, Paulo Guedes, destacou que quarto estatais são prioritárias para ser privatizadas em  2021: Eletrobras, Correios, Porto de Santos e a PPSA (empresa que administra os contratos do pré-sal).

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 18, ele classificou como “óbvias” a venda destas companhias e citou a necessidade de atrair investimentos privados e de acabar com a corrupção como justificativas para vender as estatais.

Leia mais: Retorno seguro ao trabalho exige vacinação em massa, diz Guedes

“São quatro privatizações óbvias, conversando com nossos eixos políticos meses atrás”, declarou o ministro.

Em relação à Eletrobras, Guedes disse que a empresa precisa investir R$ 17 bilhões por ano e atualmente consegue investir apenas R$ 3,7 bilhões. Segundo ele, o governo federal tem pouca capacidade fiscal de cobrir as dificuldades financeiras da geradora de energia.

Sobre os Correios, Guedes disse ser preciso salvar a empresa antes que ela deixe de ser funcional e garantir o pagamento das aposentadorias dos funcionários que contribuem para o fundo de pensão da empresa.

O ministro classificou de “patético” o trabalho da PPSA. Na avaliação dele, os R$ 100 bilhões de contratos administrados pela estatal são um “pretexto para a corrupção”.

Ceagesp

Sobre a privatização da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), o ministro disse que o presidente Jair Bolsonaro optou por adiar a venda para dar tempo de “eliminar a corrupção” na empresa.

Segundo ele, isso representa um direito do presidente e a equipe econômica pode concentrar-se em outras privatizações nesse período.

Com informações da Agência Brasil

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comment

  1. O foco de Guedes nunca mudou.
    O executivo teve que lidar com a obstrução da venda de estatais que foram propostas de governo e as urnas avalisaram em 2018.
    Portanto, superar empecilhos legais como stf (Lewan) e esquerdistas famintos por cargos é o dilema e o desafio!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site