Helder Barbalho decreta ‘lockdown’ em região do Pará

Decisão foi tomada após a identificação de dois casos da variante amazonense do coronavírus
-Publicidade-
Governador do Pará, Helder Barbalho
Governador do Pará, Helder Barbalho | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O governador do Pará, Helder Barbalho, decretou neste sábado, 30, lockdown em uma região do Estado que faz divisa com o Amazonas após dois casos da variante amazonense do coronavírus ser detectada. A medida vale a partir de 1º de fevereiro.

O emedebista disse que a ação é necessária na região do Baixo Amazonas e da Calha Norte devido a preocupação de que o sistema de saúde no local entre em colapso.

Leia mais: “Anvisa recebe pedido de registro definitivo da vacina da Oxford”

-Publicidade-

“Severas preocupações na capacidade do nosso sistema de atender a todos. Necessário para salvar vidas e evitar proliferação do vírus”, justificou o governador.

A variante foi identificada pelo Instituto Evandro Chagas em um homem de 58 anos e uma mulher de 26 anos, ambos de Santarém, a maior cidade da região.

O avanço desta nova cepa é apontado por muitos especialistas como uma das razões para a explosão de casos e o consequente colapso no sistema de saúde no Amazonas. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a variante encontrada no Brasil já está em oito países.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. há muito tempo ouço que os vírus de gripe, todos os tipos, sofrem mutações e as vacinas tem que ser revalidadas para esses novos tipos, isso leva ao menos 1 ano. como assim não se prepararam para isso com essa gripe? aliás, gráficos da OMS demonstram que a informação de gripe do tipo influenza zeraram no mundo… estranho. o covid-19 mata influenza? ou muitas gripes identificadas como covid eram influenza?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.