Itapemirim pode ser processada pelo governo

Ministério da Justiça avalia decisão
-Publicidade-
A companhia aérea deixou mais de 45 mil passageiros sem a viagem de fim de ano
A companhia aérea deixou mais de 45 mil passageiros sem a viagem de fim de ano | Foto: Itapemirim/Divulgação

O Ministério da Justiça avalia mover uma ação contra a Itapemirim Transportes Aéreos (ITA). A pasta está analisando um plano de melhoria enviado pela ITA para ver se entra ou não com um processo administrativo.

A documentação chegou à pasta na quarta-feira 22, informou o jornal Folha de S.Paulo. A aérea tinha 24 horas para enviar à Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) uma proposta efetiva para atendimento dos clientes.

Agora, a área técnica da secretaria analisa os quesitos para instaurar um processo, que pode gerar multa. A ITA teve três encontros com a Senacon desde outubro e enviou uma pessoa diferente a cada um deles.

-Publicidade-

É o que relatou Lilian Brandão, chefe do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor: “A Itapemirim não oficiou a Senacon previamente sobre a situação. Tivemos três reuniões e não houve indicativos do que iria acontecer”.

As reuniões foram solicitadas pela pasta, que havia detectado aumento de reclamações de clientes sobre atrasos e cancelamentos de voos. A empresa começou a operar em junho, vendendo passagens baratas.

Quebra da Itapemirim afeta consumidores

A companhia aérea deixou mais de 45 mil passageiros sem a viagem de fim de ano depois de suspender voos. Notificada pelo Procon, a Itapemirim pode ter que pagar multa de R$ 11 milhões.

Leia também: “Sua profissão está em extinção?”, reportagem publicada na Edição 83 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Pode ??? Deve !! Há muitas tolerância com inúmeras empresas que desrespeitam as pessoas e aí fazem propagandas fofinhas como se tivessem preocupação com o social. Veja as empresas de internet, encabeçam as listas dos piores do Procon, e a Anatel inexplicavelmente permite. Um absurdo. O presidente banana que dizia que o metiolate voltaria a arder, abaixou as calças para os larápios, e o metiolate continua ardendo em nós.

  2. Eu só digo uma coisa: Jamais entraria numa aeronave dessa companhia. Imaginem em que situação se encontra os serviços de manutenção dessas aeronaves? Pelo sim e pelo não, prefiro outra companhia qualquer. Segurança é tudo.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.