Lei obriga agências bancárias a fornecer material de leitura aos clientes

Jornais e revistas devem ficar expostos em local visível e, preferencialmente, próximo dos assentos de espera para atendimento
-Publicidade-
Se as escolas falharem na alfabetização, os bancos podem ser uma alternativa
Se as escolas falharem na alfabetização, os bancos podem ser uma alternativa | Foto: Reprodução/Unsplash

Em Balneário Camboriú, cidade turística no Estado de Santa Catarina, as agências bancárias são obrigadas a fornecer material de leitura aos clientes. Segundo a Câmara Municipal, jornais e revistas de circulação regional e estadual devem ser priorizados.

Agora, uma observação importante: o material à disposição das pessoas deve ser atualizado diariamente, semanalmente e mensalmente. É sempre bom manter os clientes por dentro do noticiário, não é mesmo? Sobretudo se as notícias forem veiculadas por Oeste.

Os jornais e revistas devem ficar expostos em local visível e, preferencialmente, próximo dos assentos de espera para atendimento.

-Publicidade-

As agências bancárias que descumprirem as regras serão advertidas e terão 15 dias para sanar as irregularidades. Caso haja reincidência, multa em dinheiro será aplicada.

A Lei nº 3.757 foi promulgada em 21 de janeiro de 2015.

Se não fosse o Estado, quem obrigaria as agências bancárias a fornecer material de leitura aos clientes?

Leis Absurdas do Brasil

Segundo o economista André Costa, autor do livro Leis Absurdas do Brasil (LVM Editora), existem 180 mil normas vigentes no país. “O Brasil já editou e publicou, desde a Constituição Federal de 1988, mais de 5,4 milhões de textos normativos”, afirmou. “São 769 normas por dia útil.” Ou seja, uma a cada dois minutos.

O economista divulga esses projetos absurdos nas redes sociais desde 2016. Por sugestão do cientista político Adriano Gianturco, professor do Ibmec, ele reuniu no livro os 51 mais esdrúxulos. Em entrevista concedida à Revista Oeste, Costa argumenta que a maioria dessas leis mistura desconhecimento econômico e má-fé.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site