Moraes mantém prisão de Roberto Jefferson

Parlamentar teria descumprido as medidas cautelares
-Publicidade-
Alexandre de Moraes mantém prisão de Roberto Jefferson
Alexandre de Moraes mantém prisão de Roberto Jefferson | Foto: Reprodução

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes decidiu, nesta terça-feira, 24, manter a prisão preventiva do ex-deputado Roberto Jefferson. Na decisão, o magistrado argumentou que a situação que motivou a prisão preventiva se mantém, o que o fez negar o pedido de liberdade do ex-parlamentar.

Segundo o ministro do Supremo,“em diversas ocasiões, foram trazidas aos autos notícias de diversos descumprimentos das medidas cautelares impostas” a Jefferson.

O ex-deputado foi preso depois de veicular, nas redes sociais, vídeos que contrariam as regras da prisão domiciliar. Durante a ação, Jefferson reagiu com tiros à chegada da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) a sua casa. Dois agentes ficaram feridos.

-Publicidade-

“O cenário se revela ainda mais grave, pois, conforme constou do auto de apreensão, foram apreendidos mais de 7 (sete) mil cartuchos de munição (compatíveis com fuzis e pistolas)”, argumenta o ministro.

Na determinação, Moraes afirma que as condutas do ex-presidente do PTB podem configurar novos crimes, como calúnia, difamação, injuria e abolição violenta do Estado Democrático de Direito. Também pode responder por incitação à animosidade entre as Forças Armadas e os Poderes constitucionais.

O ex-parlamentar foi preso em flagrante, sob a acusação de tentativa de homicídio. Quatro dias mais tarde, a prisão foi convertida em preventiva, e Jefferson se tornou réu por quatro tentativas de homicídio.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Jefferson irá morrer nos porões da ditadura sem nunca ter sido condenado. E por um motivo muito simples: ele não será julgado. E não será julgado porque o STF não pode julgá-lo, porque ele não deveria nem estar sob a jurisdição de um ministro da corte. Para que ele seja julgado, ou o STF estupra de vez a Constituição, dessa vez com muito barulho, ou envia o caso para a primeira instância onde ele, provavelmente, terá um tratamento menos vingativo. Moraes irá mantê-lo preso ilegalmente até que ele morra (de causa natural ou não). Bob Jeff o primeiro mártir da resistência contra a narco-ditadura. Quem diria?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.