-Publicidade-

Mourão: acordo Mercosul-UE parece que ‘começa a fazer água’

Vice-presidente disse que acordo não está avançando mesmo com o esforço realizado no ano passado
Vice-Presidente da República, general Hamilton Mourão | Foto: Romério Cunha/VPR
Vice-Presidente da República, general Hamilton Mourão | Foto: Romério Cunha/VPR

Vice-presidente disse que acordo não está avançando mesmo com o esforço realizado no ano passado

Mourão
Vice-Presidente da República, general Hamilton Mourão | Foto: Romério Cunha/VPR

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, afirmou nesta quinta-feira, 27, que a despeito do esforço realizado no ano passado, o acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia parece que “começa a fazer água”.

Segundo a agência Reuters, o vice-presidente disse ainda que o Mercosul passa por um momento “particularmente complicado” e lembrou a crise vivida pela Argentina, seja em relação à sua dívida seja por conta da crescente taxa de novas contaminações por coronavírus.

LEIA MAIS: Empresários brasileiros tomam chá de cadeira da Argentina

Acordo

Após 20 anos de negociação, o Mercosul e a União Europeia fecharam, em 2019, um acordo comercial que envolve 25% da economia global e 780 milhões de pessoas – quase 10% da população do mundo.

Segundo estimativas do Ministério da Economia do Brasil, o acordo representaria um incremento no PIB do país equivalente a R$ 336 bilhões em 15 anos, com potencial de chegar a R$ 480 bilhões.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês