Na mira da PF, Alckmin está com a ‘consciência tranquila’

Integrante do PSDB é alvo de inquérito que apura caixa 2, lavagem de dinheiro e corrupção passiva
-Publicidade-
Alckmin garante estar tranquilo | Foto: CIETE SILVÉRIO/DIVULGAÇÃO
Alckmin garante estar tranquilo | Foto: CIETE SILVÉRIO/DIVULGAÇÃO | alckmin - consciência tranquila - pf - cnn brasil

Integrante do PSDB é alvo de inquérito que apura caixa 2, lavagem de dinheiro e corrupção passiva

alckmin - consciência tranquila - pf - cnn brasil
Alckmin garante estar tranquilo | Foto: CIETE SILVÉRIO/DIVULGAÇÃO

Na tarde em que foi informado de que a Polícia Federal (PF) o indiciou pelos crimes de caixa 2, corrupção passiva e lavagem de dinheiro, Geraldo Alckmin tentou se mostrar calmo. Em entrevista à CNN Brasil nesta quinta-feira, 16, ele rechaçou as acusações e garantiu estar com a “consciência tranquila”.

-Publicidade-

Leia mais: “‘Uma honra’, diz deputado sobre expulsão do PSL

Governador de São Paulo por três mandatos, duas vezes candidato à presidência da República e ex-presidente nacional do PSDB, Alckmin foi citado por um ex-diretor da Odebrecht. Em depoimento, o então executivo da empreiteira afirmou que aproximadamente R$ 2 milhões foram repassados de forma irregular — via caixa 2 — à campanha tucana ao Palácio dos Bandeirantes em 2014. Na ocasião, o pessedebista venceu o pleito.

“Nem gastei tudo o que tinha sido arrecadado”

Diante do inquérito da PF, o ex-governador garantiu que irá “prestar contas rigorosamente” às autoridades. Sobre as acusações, aproveitou a participação na televisão para garantir que suas campanhas políticas “foram modestas”. “[Em 2014] nem gastei tudo o que tinha sido arrecadado”, afirmou Alckmin. Nesse sentido, ele disse que não enriqueceu com a carreira política.

De volta às urnas?

Ainda durante à entrevista à CNN Brasil, Geraldo Alckmin sinalizou que pode voltar a se candidatar a algum cargo público em 2022 — ocasião em que o Brasil irá às urnas para eleger presidente da República, governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais. Não disse, contudo, qual função almeja ocupar.

Por ora, ele destacou que desde que perdeu a eleição presidencial está atuando no meio acadêmico. Formado em medicina e com especialização em anestesiologia, Geraldo Alckmin informou que está dedicado a doutorado na área. Além disso, destacou que segue como professor em universidade.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. O PSDB disse q ele tem uma vida modesta. Claro que tem. A PF indicia o sujeito por lavagem de dinheiro, caixa 2 e corrupção passiva, mas é pura perseguição kkkkkkkk. Agora outra pergunta, o Iscariotes não viu isso quando estava na lava-jato? Kkkk parabéns PF, a proteção do PSDB acabou CHOOORAAAAA!

  2. A tal social democracia!!Então essa turma do Paulo Preto!?! De FHC a José Serra, de Alkmin a Dória, ñ sobra ninguenzinho. Poderiam se encontrar no Instituto Lula ou no ambiente do FORO de São PAULO, caso não fossem bichos que camuflam sua ideologia COMUNISTA. São tucanos destruindo nossos ninhos, o futuro dos nossos filhotes. Até o símbolo os delata. O farsante Anastasia tenta ser esperto e saiu da Orcrim. Não se reelege em MG pra nada, é nunca mais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.