‘Não vão ganhar no tapetão’, diz Bolsonaro em motociata

Em pronunciamento a apoiadores, o presidente criticou a CPI da Covid
-Publicidade-
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado, 26, que serão malsucedidas as tentativas de removê-lo do cargo. “Só uma coisa me tira de Brasília: Deus”, declarou, em pronunciamento a apoiadores, depois de uma motociata em Chapecó (SC). Sem mencionar diretamente o depoimento dos irmãos Miranda, o chefe do Executivo criticou a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19.

“Não querem investigar quem recebeu dinheiro, apenas quem mandou o dinheiro”, disse. “Lamentavelmente, o Supremo decidiu que governadores estão desobrigados de comparecer à CPI. Querem apurar o quê? No tapetão não vão levar”, concluiu. Conforme noticiou a Revista Oeste, o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) alega que o governo federal sabia de supostas irregularidades em contratos para a compra da vacina indiana Covaxin.

Leia também: “As passagens do deputado Luis Miranda pela Justiça”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site