-Publicidade-

Operação da PF mira ex-presidente do banco BNY Mellon

Agentes cumprem seis mandados de busca e apreensão em inquérito que apura desvios em fundos de pensão
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Agentes cumprem seis mandados de busca e apreensão em inquérito que apura desvios em fundos de pensão

operação
Agente da Polícia Federal | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Na manhã desta terça-feira, 11, a Polícia Federal cumpre seis mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação Greenfied, que apura desvios em fundos de pensão. Agentes encontram-se em endereços na capital fluminense e em Niterói (RJ). Entre os alvos está José Carlos Lopes Xavier de Oliveira, ex-presidente no Brasil do banco norte-americano BNY Mellon. Chamado de “Zeca”, o executivo é apontado como um dos responsáveis pelo esquema de desvios no Postalis, o fundo de pensão dos Correios. Há dois anos, ele teve a prisão preventiva decretada pela Justiça na operação. Contudo, a decisão foi revogada e, dessa forma, o suspeito voltou às ruas.

Leia também: “Doria pediu a Gilmar que soltasse secretário, denuncia Kajuru”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês