PEC Emergencial fica para 2021

Proposta estabelece gatilhos para o cumprimento do teto de gastos
-Publicidade-

Proposta estabelece gatilhos para o cumprimento do teto de gastos

Marcio Bittar
Senador Marcio Bittar (MDB-AC) | Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
-Publicidade-

O relator da PEC Emergencial, senador Marcio Bittar (MDB-AC), confirmou nesta sexta-feira, 11, que não vai apresentar neste ano seu parecer sobre o texto.

Em nota, ele justificou a decisão afirmando que a complexidade do tema e a conjuntura do país impedem o avanço da discussão neste momento. A proposta será analisada só em 2021.

Leia mais: “Fachin vota para Bolsonaro seguir lista tríplice de reitores”

“Creio que a proposta será mais bem debatida no ano que vem, tão logo o Congresso Nacional retome suas atividades e o momento político se mostre mais adequado”, afirmou o senador.

A PEC estabelece gatilhos para o cumprimento do teto de gastos.

Bittar também é o relator do Orçamento de 2021, que será votado pelo Congresso Nacional depois da eleição para a presidência da Câmara e do Senado, em fevereiro.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comment

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site